Meteorologia

  • 01 OUTUBRO 2020
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Ex-engenheiro da Google condenado a 18 meses de prisão

Anthony Levandowski foi acusado de roubar segredos comerciais enquanto trabalha na divisão de carros autónomos da empresa tecnológica.

Ex-engenheiro da Google condenado a 18 meses de prisão

Anthony Levandowski, o ex-engenheiro da divisão de carros autónomos da Google, a Waymo, foi condenado a 18 meses de prisão por ter roubado segredos comerciais aquando da sua saída da empresa.

Levandowski terá posteriormente usado esses mesmos segredos comerciais na formação de uma startup que, eventualmente foi adquirida pela Uber. De notar que, tal como a Google, a Uber é uma das empresas tecnológicas com ambições na área dos carros autónomos. Entretanto, a Uber foi processada pela empresa-mãe da Waymo e da Google, a Alphabet, em 2017.

Os advogados de Levandowski procuraram obter uma sentença de um ano de prisão domiciliária mas, nas palavras do juiz encarregue do caso, esta sentença “daria luz verde a todos os futuros engenheiros brilhantes de roubarem segredos comerciais”.

Da sua parte, a Waymo adiantou ao TechCrunch que a sentença “representa uma vitória para todas as leis de segredos comerciais que promovem desenvolvimento de tecnologia de ponta”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório