Meteorologia

  • 14 OUTUBRO 2019
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Críticas ao YouTube. CEO já pediu desculpa

A plataforma anunciou que planeava alterar as regras para obter crachá de verificação.

Críticas ao YouTube. CEO já pediu desculpa

O YouTube esteve ‘debaixo de fogo’ durante o fim de semana depois de fortes críticas dos seus criadores de conteúdos, isto depois da plataforma ter manifestado intenção de limitar a atribuição do crachá de verificação apenas a marcas e grandes personalidades sob risco de serem imitadas.

Visto como um símbolo de ‘status’, o crachá de verificação costuma ser atribuído depois de ser ultrapassado o patamar de cem mil subscritores e serve para os youtubers surgirem destacados em pesquisas feitas na plataforma. Conta o The Verge que o anúncio do YouTube foi recebido com fortes críticas pela comunidade da plataforma, que viu a notícia como um ataque à sua capacidade para crescer na plataforma.

Entretanto, o YouTube reverteu a decisão e anunciou que não alterará as condições para obter um crachá de verificação, indicando que verificará apenas se os canais são autênticos. A CEO do YouTube, Susan Wojcicki, manifestou-se posteriormente sobre o assunto através do Twitter, pedindo desculpas pela situação.

“Aos nossos criadores e utilizadores – lamento a frustração e dor que causamos com a nossa nova abordagem à verificação. Enquanto tentamos fazer melhorias, falhámos o alvo. Estamos a trabalhar para ir ao encontro das vossas preocupações enquanto escrevo isto e teremos mais atualizações em breve”, pode ler-se na publicação de Wojcicki (abaixo).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório