Meteorologia

  • 15 SETEMBRO 2019
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 30º

Edição

Ex-estagiário da NASA poderá ganhar milhões com filmagens de Apollo 11

Filmagens da chegada do Homem à Lua, adquiridas há 50 anos por 217 dólares, podem agora ter um retorno milionário.

Ex-estagiário da NASA poderá ganhar milhões com filmagens de Apollo 11

Foi um pequeno investimento para um estagiário, hoje poderá ser um enorme salto para a sua poupança.

Gary George era apenas um estagiário no Johnson Space Center da Agência Espacial Norte-americana (NASA), em 1973, volvidos apenas quatro anos da chegada do Homem à Lua. Durante um leilão governamental, o norte-americano comprou 1150 bobinas de fita magnética, um total de duas horas e 24 minutos de gravações, que documentam a histórica missão Apollo 11.

De acordo com a Bloomberg, as imagens, para além de serem mais nítidas do que aquelas que todos viram nas transmissões televisivas em 1969, incluem ainda a mítica frase de Neil Armstrong: “É um pequeno passo para o Homem, um salto gigantesco para a Humanidade”.

Gary George pagou 217 dólares por todo o material, que à conversão atual são 193 euros, mas, tendo em conta a inflação, equivaleria a 1200 dólares (1063 euros) na altura. O moderado investimento, porém, poderá ter um retorno também ele “gigantesco”: entre um a dois milhões de dólares (886 mil a 1,77 milhões de euros).

As bobinas vão a leilão este fim de semana na casa Sotheby’s, juntamente com outras peças ligadas à missão Apollo 11.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório