Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

Tinder rejeita partilhar dados privados com autoridades russas

A app de encontros corre o risco de ser bloqueada no país.

Tinder rejeita partilhar dados privados com autoridades russas

Entrou em efeito na Rússia uma lei que obriga empresas a manterem os seus dados armazenados em servidores no país, obrigando-as também a partilharem dados privados de cidadãos caso tal seja exigido pelas autoridades. O Tinder está entre essas empresas e, ainda que esteja disposto a concordar com a primeira parte, não é ‘fã’ da segunda.

Conta a BBC que o Tinder fez um comunicado onde garante que cumprirá o pedido da Rússia de armazenar dados privados sobre utilizadores locais em servidores no território. Porém, a app de encontros recusa-se a partilhar dados.

“Este registo não partilhar quaisquer dados pessoais ou de utilizadores com qualquer corpo regulador russo e não partilhamos quaisquer dados com o seu governo”, pode ler-se no comunicado.

O Tinder corre portanto o risco de vir a ser bloqueado em território russo, num processo que é em tudo semelhante ao da app de mensagens privadas Telegram que, depois de recusar partilhar dados, foi bloqueada na Rússia.

Leia mais: Proteção de dados. Um ano resultou em 56 milhões de euros em multas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório