Meteorologia

  • 21 MAIO 2019
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 17º

Edição

'Yoshi’s Crafted World'. Para conquistar os mais novos e toda a família

Os fãs de jogos de plataformas podem ficar desiludidos mas o novo título de Yoshi é ideal para descontrair ou jogar na companhia dos mais pequenos.

Notícias ao Minuto

08:45 - 23/04/19 por Miguel Patinha Dias 

Tech Análise

A Nintendo não tem falta de jogos de plataformas. Só na Switch estão presentes ‘Super Mario Odyssey’, ‘New Super Mario Bros. U Deluxe’, ‘Donkey Kong Country: Tropical Freeze’ ou ‘Kirby Star Allies’. Todos eles oferecem algo de especial para jogadores com nível de experiência diferente e, fiel a esta premissa, encontramos ‘Yoshi’s Crafted World’.

O novo título do simpático dinossauro verde chegou recentemente à Switch e, com um código providenciado pela Nintendo, pudemos jogar a esta pequena mas criativa aventura. O jogo não engana ninguém nos minutos iniciais: estamos perante um jogo desenhado sobretudo para os mais novos, com segmentos de plataformas mais acessíveis, inimigos pouco agressivos, quedas piedosas e checkpoints frequentes.

O ponto forte de ‘Yoshi’s Crafted World’ não está na dificuldade de chegar à meta de cada um dos níveis mas sim no desafio de explorar a 100% cada um dos cenários. Os cenários estão organizados como um tradicional jogo de plataformas – com Yoshi a mover-se da esquerda para a direita – mas em ‘Yoshi’s Crafted World’ também pode aproximar-se e afastar-se da câmara ao descobrir caminhos alternativos ou segredos escondidos. Deverá fazê-lo se quiser apanhar todas as moedas, moedas vermelhas e flores de malmequer que se encontram espalhadas.

Mas, além da satisfação de completar tudo a 100%, que incentivo tem para explorar todos os cenários? Pois bem, a Nintendo fez de ‘Yoshi’s Crafted World’ um verdadeiro espetáculo visual que vai além do fotorrealismo de outros jogos. Como o nome indica, tudo em ‘Yoshi’s Crafted World’ parece ter sido feito à mão, como um teatro de marionetas caseiro.

Notícias ao Minuto© Nintendo

Parte do incentivo de progredir no jogo é ver as formas criativas como os produtores criaram os cenários. Copos de plástico, cartão, fios, alumínio… Não há um item que não possa ser encontrado na gaveta lá de casa que não tenha sido usada pela Nintendo na construção destes cenários.

A criatividade aplicada na construção dos cenários fica especialmente evidente quando, depois de os completar pela primeira vez, ficam disponíveis as versões inversas em busca de três simpáticos cachorros Poochie. Ao atravessar os níveis do final para o início poderá ver pedaços de copos e garrafas que ficaram a descoberto e outros pormenores que lhe mostram que nada foi deixado ao acaso. O que se pretende é criar um constante sentimento de deslumbramento e surpresa, algo que a Nintendo atinge até ao final do jogo.

Agitar a fórmula

No que diz respeito ao jogo propriamente dito, não há grandes alterações face a títulos lançados anteriormente ou sequer em relação a outros jogos de plataformas. A par de saltos entre abismos e inimigos, Yoshi pode também comê-los e criar ovos a partir deles, os quais podem depois ser atirados para desbloquear segredos ou deitar abaixo outros inimigos e bosses.

A recolha e utilização de ovos podia tornar-se facilmente uma mecânica frustrante. Imagine chegar a um ponto de cenário e, por não ter mais nenhum ovo, teria de reiniciar o nível e geri-los para ter sempre a quantidade necessária para progredir. Seria frustrante e, felizmente, a Nintendo previne-o ao espalhar pelos cenários alguns pontos onde consegue reabastecer o seu ‘stock’ de ovos. Desta forma, pode relaxar e aproveitar o cenário com a garantia que lhe vai ser sempre possível progredir e explorar.

Notícias ao Minuto© Nintendo

Este esquema de jogabilidade poderia cair na repetição mas, tal como acontece nos cenários, a Nintendo foi criativa e pensou em formas de tornar ‘Yoshi’s Crafted World’ mais dinâmico. Além dos já mencionados níveis inversos há também segmentos especiais a considerar.

A título de exemplo e para não estragar a surpresa para o resto do jogo, num destes segmentos tomará o controlo de um robot gigante com aspeto de Yoshi com que deve destruir o cenário. Estes segmentos não são muito abundantes mas estão presentes em quantidade suficiente para serem sempre bem-vindos.

Tudo isto faz de ‘Yoshi’s Crafted World’ um jogo especialmente indicado para os jogadores mais novos que podem ter uma ajuda extra através do modo cooperativo. Neste modo os jogadores podem progredir em conjunto no mesmo ecrã ou, por outro lado, seguirem montados um no outro em que um jogador assume o controlo do movimento e o outro do lançamento de ovos. Caso tenha filhos ou irmãos/primos mais novos, ‘Yoshi’s Crafted World’ pode ser a opção certa para os introduzir no mundo dos videojogos.

Considerações finais

Em vez de pautar os níveis de ‘Yoshi’s Crafted World’ com dificuldade, a Nintendo decidiu construir os cenários do jogo para incentivar a múltiplas repetições. O facto de receber constantemente pedidos de itens dos habitantes do mundo de jogo e poder sair dos níveis assim que os encontre é um sinal flagrante disto mesmo.

Pode sentir que não tem grandes motivos para o fazer mas, quando se aperceber que pode obter diferentes fatos para tornar Yoshi ainda mais adorável, é mais que certo que os quererá ter a todos. Os cenários em si não fartam e conseguem tornar-se interessantes porque é provável que esteja sempre a descobrir pormenores novos mas, infelizmente, o mesmo não se pode dizer do som que Yoshi faz enquanto mira o alvo de um dos seus ovos.

Notícias ao Minuto© Nintendo

Tendo em conta que estará a apontar ovos a praticamente tudo o que está espalhado pelo cenário, chegará a um ponto em que provavelmente desligará o som do jogo para evitar ouvir Yoshi a concentrar-se.

É provável que guarde a mesma impaciência para o ‘enredo’ de ‘Yoshi’s Crafted World’. A história do jogo consiste apenas nas diferentes gemas de uma pedra que se espalharam pelo mundo de jogo graças a mais uma patifaria de Bowser Jr. e Kamek, cabendo a Yoshi reuni-las novamente. A Nintendo já demonstrou no passado que é possível fazer algo em grande num esquema simples, pelo que fica claro que podia ter feito algo mais para melhorar o jogo neste departamento.

Pontos fortes

- Criatividade dos cenários

- Níveis criados para serem explorados múltiplas vezes

- Muitos fatos para ganhar

- Segmentos dinâmicos

- Modo cooperativo

Pontos fracos

- Som de Yoshi a apontar ovos

- Falta de desafio para jogadores mais experientes

- História e bosses não ficarão na memória

Ideal para…

A criatividade aplicada pela Nintendo em ‘Yoshi’s Crafted World’ é algo que miúdos e graúdos conseguem apreciar. No entanto, nota-se que é para os mais novos que o jogo foi desenvolvido e é aos olhos deles que ‘Yoshi’s Crafted World’ brilhará mais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório