Meteorologia

  • 13 NOVEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 20º

Edição

Relatório revela quais os smartphones que mais emitem radiações

O mesmo relatório indica também quais são os que têm menos emissões.

O Departamento Federal Alemão para Proteção de Radiação publicou o seu relatório anual com a análise de quais são os smartphones que emitem mais radiações, com a Xiaomi e a OnePlus a não ficarem nada bem na fotografia. Em contraste, nota o Gadgets360 que a Samsung foi apontada como um exemplo no que diz respeito a emissão de radiação.

O Mi A1 da Xiaomi foi considerado pela entidade alemã como o que emite mais radiações, sendo seguido pelo OnePlus 5T, o Xiaomi Mi Max 3, o OnePlus 6T e o HTC U12 Life. Já na lista dos smartphones que menos radiações emitem, encontramos no primeiro lugar o Galaxy Note 8 da Samsung, com o ZTE Axon Elite, o LG G7, o Samsung Galaxy A8 e o Samsung Galaxy S8+ a estarem posicionados logo a seguir.

A lista foi criada depois de serem medidas as ondas de radiofrequências emitidas por cada um dos smartphones no mercado. Em teoria, quanto mais alta for a emissão de radiação, maior será o risco para o utilizador. No entanto, não são ainda completamente conhecidos os efeitos de radiação na saúde do seres humanos, com os estudos existentes até ao momento a não serem conclusivos.

Na galeria acima pode ficar a conhecer as listas completas dos smartphones que mais e menos emitem radiações. Assim poderá tomar uma decisão consciente da próxima vez que quiser comprar um smartphone.

Leia mais: 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório