Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 13º

Edição

Última investigação de Stephen Hawking foi publicada

O físico britânico procurou responder à questão do que acontece a informação que é captada por um buraco negro.

Última investigação de Stephen Hawking foi publicada
Notícias ao Minuto

10:40 - 15/10/18 por Miguel Patinha Dias 

Tech Buraco negro

O legado deixado por Stephen Hawking cimentou o estatuto do físico britânico na história da astrofísica, estatuto este que continua a ser construído com a sua última investigação que foi agora publicada para que todos possam ler.

A investigação foi levada a cabo em conjunto com Malcolm Perry, da Universidade de Cambridge, que a escrever para o The Guardian explicou que o objetivo foi responder à questão do que acontece a informação captada por um buraco negro. “O paradoxo da informação é um dos problemas mais intrigantes nas físicas teóricas fundamentais de hoje em dia”, começa por escrever Perry.

A hipótese elaborada por Hawking e Perry indica que esta informação fica armazenada nas imediações do buraco negro, no que é descrito como “cabelo suave”.

“O que fizemos recentemente foi descobrir uma lacuna em matemática que levam à ideia que os buracos negros são totalmente ‘carecas’. Em 2016, o Stephen, o Andy [Strominger] e eu descobrimos que os buracos negros têm uma coleção infinita do que chamamos de ‘cabelo suave’. Esta descoberta permite-nos questionar a ideia que os buracos negros levam ao desmoronar das leis da física”, pode ler-se no artigo do The Guardian.

A investigação de Hawking, Perry e Strominger já está disponível para ler por todos os interessados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório