Meteorologia

  • 02 ABRIL 2020
Tempo
16º
MIN 7º MÁX 19º

Edição

Investigadores explodem laboratório com campo magnético de nível recorde

O equipamento foi criado de raiz e, antes de explodir, conseguiu criar um campo magnético de 1.200 T.

Investigadores explodem laboratório com campo magnético de nível recorde

Uma equipa de investigadores da Universidade de Tóquio conseguiu criar o maior campo magnético alguma vez criado num laboratório. Na verdade, a energia manifestada por este campo magnético foi tão forte que explodiu o equipamento criado de raiz.

A explosão do equipamento em reação ao campo magnético foi captada em vídeo, o qual está disponível em cima. Apesar de terem sido capazes de prever a explosão, os investigadores ainda ficaram surpreendidos com a potência do campo magnético. De acordo com o responsável pela investigação, Shojiro Takeyama, a equipa esperava que o equipamento fosse capaz de aguentar 700T, registando todavia um total de 1.200 T.

Apesar da explosão, a equipa de investigadores ficou interessada em continuar a explorar campos magnéticos potentes.

“Com campos magnéticos acima dos 1.000T começas a abrir possibilidades interessantes. Podes observar o movimento de eletrões fora de ambientes materiais nos quais se encontram normalmente. Portanto podemos estudá-los de uma forma completamente nova e explorar novos tipos de dispositivos eletrónicos. Esta investigação também pode ser útil para aqueles que estão a trabalhar para gerar energia de fusão”, explicou Takeyama ao IEEE Spectrum.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório