Meteorologia

  • 01 ABRIL 2020
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 14º

Edição

Albuquerque refuta "falinhas mansas e jantarinhos" em debate

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, refutou na terça-feira, no Porto, que a discussão em torno da regionalização seja feita "com falinhas mansas ou jantarinhos", reivindicando "coragem" nesse confronto político.

Albuquerque refuta "falinhas mansas e jantarinhos" em debate
Notícias ao Minuto

06:45 - 18/04/18 por Lusa

Política Madeira

Num debate com o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, no âmbito do "Conversas à Porto" sobre a descentralização e a regionalização, Miguel Albuquerque vincou que "só com coragem" esse confronto político pode ser encarado.

"A regionalização não vai lá com falinhas mansas ou jantarinhos", argumentou o político madeirense de uma política cuja "macrocefalia, mais tarde ou mais cedo, vai fazer perceber às pessoas que o país não tem condições de competir na Europa".

Vincando ser Portugal "o país mais centralista da OCDE - Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico", Miguel Albuquerque considerou inaceitável que o país "insista num modelo social em que os cidadãos pouco intervêm".

Sobre a centralização, garantiu que "ninguém ganha, mas antes todos ficam a perder dadas as assimetrias de desenvolvimento", salientando o "bom exemplo da Madeira", que em 30 anos "passou da região mais pobre do país para a mais próspera".

Rui Moreira alinhou no tom crítico, dizendo "haver uma nomenclatura que não quer partilhar o poder" para depois defender uma "regionalização política".

"Temos de ter um país que se lembre de nós [região norte] não apenas quando está doente, mas também quando está de boa saúde", afirmou o autarca do Porto.

O debate foi promovido pela Associação Cívica - Porto, o Nosso Movimento.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório