Meteorologia

  • 17 JULHO 2018
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 21º

Edição

CDS quer que Medina explique perigo iminente de edifício municipal

Prédio que alberga a Livraria Fumaça está em avançado estado de degradação.

CDS quer que Medina explique perigo iminente de edifício municipal
Notícias ao Minuto

10:01 - 16/04/18 por Natacha Nunes Costa

Política Lisboa

O Grupo Municipal do CDS-PP exige que Fernando Medina explique o estado avançado de degradação do edifício municipal, na Rua da Alegria, onde funciona a Livraria Fumaça, uma das mais antigas de Lisboa.

De acordo com um comunicado enviado pelo deputado Diogo Moura ao Notícias ao Minuto, “a chuva que entra no imóvel encarregou-se de apodrecer o chão e destruir paredes e tectos” fazendo com que a livraria não tenha “a segurança mínima que um estabelecimento comercial deve ter”.

Na mesma nota pode ler-se que o imóvel foi alvo de vistoria por parte dos serviços camarários, que confirmaram o mau estado de conservação do edifício, mas que, apesar disso, ainda não foram tomadas medidas para melhorar as condições do prédio municipal que está em perigo iminente.

Por essa razão, o Grupo Parlamentar quer que o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa esclareça que “que solução pretende apresentar ao inquilino que, como os demais alfarrabistas, faz parte do panorama cultural não massificador da cidade”, visto que, a autarquia deve cumprir as leis de conservação de edifícios que aplica aos proprietários.

A Livraria Fumaça está instalada há cerca de 30 anos num prédio municipal da Rua da Alegria, tendo o locatário celebrado contrato daquela fração há 53 anos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.