Meteorologia

  • 21 AGOSTO 2019
Tempo
24º
MIN 20º MÁX 27º

Edição

"Pressão de Passos sobre Constitucional é legítima"

O antigo líder social-democrata, Luís Marques Mendes, defendeu ontem à noite, no habitual espaço de opinião que protagoniza no ‘Jornal da Noite’ da SIC, que o discurso do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, na festa do Pontal, configurou uma “pressão legítima” sobre o Tribunal Constitucional, uma fez que foi feita “no sentido do aviso”.

"Pressão de Passos sobre Constitucional é legítima"

“Tudo é pressão, mas esta pressão [sobre o Tribunal Constitucional] no sentido do aviso, é legítima”. Esta é a leitura que o antigo líder social-democrata, Luís Marques Mendes, fez do discurso do chefe do Executivo, Pedro Passos Coelho, na Festa do Pontal, que marcou a rentreé do partido 'laranja'.

O comentador político, que falava ontem na antena da SIC, assinalou, aliás, que o Palácio Ratton estará a levar a cabo um “bloqueio” às medidas do Governo, caso venha a manifestar-se contra os cortes salariais e contra a redução de trabalhadores na Função Pública.

A confirmar-se esta posição, prosseguiu Marques Mendes, no fundo, o colectivo de juízes estará a boicotar uma eventual descida de impostos.

Isto porque, sustentou o também conselheiro de Estado, “hoje há um clamor nacional no sentido de baixar impostos. Para baixar impostos é preciso diminuir despesa e para diminuir despesa é preciso fazer um de dois cortes: reduzir salários ou reduzir pessoal”.

Posto isto, o ex-presidente do PSD, salientou que não entende os argumentos esgrimidos pela oposição, que teceu duras críticas ao primeiro-ministro, acusando Passos Coelho de ter exercido uma pressão ilegítima sobre o Tribunal Constitucional.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório