Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2021
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

Intimidação exercida pela Ryanair é "inaceitável" e tem de "ser punida"

O socialista manifestou a sua opinião relativamente à situação reportada no âmbito da paralisação da companhia aérea.

Intimidação exercida pela Ryanair é "inaceitável" e tem de "ser punida"
Notícias ao Minuto

10:00 - 02/04/18 por Filipa Matias Pereira 

Política Tiago Barbosa

Ontem cumpriu-se o segundo dia de greve dos tripulantes de cabine da Ryanair – uma paralisação que, de acordo dados divulgados por fonte do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) à Lusa, afetou 55% do tráfego aéreo da companhia só este domingo.

Ao longo do dia, chegaram a público informações avulsas que davam conta de que a Ryanair estaria a forçar os colaboradores a trabalhar, desistindo assim da greve. Ora, para o socialista Tiago Barbosa Ribeiro, os “casos de intimidação e de assédio por parte da Ryanair que todos podemos ver (e ouvir) são completamente inaceitáveis e terão de ser punidos”.

O deputado acredita ainda que a forma como a companhia “está a lidar com a greve confirma outras ilegalidades que terão de ser igualmente punidas”.

Numa publicação feita na sua página oficial de Facebook, o socialista divulga também um contrato de trabalho a que teve acesso, celebrado com a WorkForce, empresa de recrutamento criada pela Ryanair. E, defende, “é difícil acreditar naquilo que se lê”. Ora, o “ponto 8 do contrato é uma manifesta ilegalidade. Neste campo, impõe-se mão pesada contra a Ryanair. Os trabalhadores merecem respeito. Portugal não é uma offshore laboral”.

Em relação à greve, recorde-se, segundo números divulgados pelo SNPVAC à Lusa, ontem trabalharam 52 tripulantes de um total de cerca de 350. Das 49 saídas previstas foram feitas 15 saídas com tripulação portuguesa (30%), tendo sido cancelados 27 voos (55%).

Foram ainda realizadas sete saídas com tripulação de outros países, que substituiu a portuguesa, uma situação que o SNPVAC já tinha denunciado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório