Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2018
Tempo
23º
MIN 23º MÁX 23º

Edição

Relatórios de Tancos e dos incêndios? "Não há culpas, há desculpas"

Esta é a opinião de Joaquim Jorge, que alega que em Portugal "a culpa morre solteira".

Relatórios de Tancos e dos incêndios? "Não há culpas, há desculpas"
Notícias ao Minuto

10:15 - 23/03/18 por Filipa Matias Pereira 

Política Joaquim Jorge

"As conclusões dos relatórios, quer de Tancos quer sobre os incêndios, mostram que não há culpas, mas desculpas”. Esta é a opinião de Joaquim Jorge, defendida num texto enviado à redação do Notícias ao Minuto.

Na opinião do fundador do Clube dos Pensadores, sobre Tancos e o roubo de armas, “falharam as rondas, os meios, a videovigilância, a infraestrutura, as inspeções, entre outros aspetos. Mas não há culpados”. Provavelmente, equaciona o biólogo, “a culpa foi das armas que estavam em Tancos. Se não estivessem lá, não aconteceria este episódio. Digo eu!”.

Já quando é o tema dos incêndios que está em cima da mesa, as conclusões do relatório, “além de inúmeras deficiências”, apontam para o facto de serem as “condições meteorológicas as culpadas de tanta tragédia”. Neste caso, a então ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, “saiu depois de muita pressão. Mas não acho que a ministra fosse a principal culpada”, defende.

Porém, adverte o comentador, “há algo que é secular em Portugal”, nomeadamente a dificuldade de relacionamento entre as vozes de comando que se julgam mais importantes umas do que outras: Proteção Civil, Bombeiros, entre outras”.

No entendimento de Joaquim Jorge, neste caso, a culpa foi, por um lado, “do tempo e de quem estava no terreno porque não se entendia” e, por outro, do “Governo, dada a escassez dos meios”.

Moral da história? “A culpa em Portugal morre solteira”. Isto é, “a culpa nunca encontra quem a queira, ou seja, quem a assuma. Nunca se encontra nem ninguém que aceite ser o culpado (ou seja, a culpa nunca se 'casa', ninguém quer 'casar' com ela, morre solteira)”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório