Meteorologia

  • 18 JULHO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

Isabel Moreira responde a líder da JP, "candidato a fascista(zito)"

Isabel Moreira lança farpas a Francisco Rodrigues dos Santos na sequência da crítica que este endereçou a Joana Mortágua.

Isabel Moreira responde a líder da JP, "candidato a fascista(zito)"
Notícias ao Minuto

10:00 - 22/03/18 por Notícias Ao Minuto

Política Redes sociais

Francisco Rodrigues dos Santos, líder da Juventude Popular (JP), é alvo de Isabel Moreira numa publicação na sua página oficial de Facebook. E porquê? Porque o centrista deixou também uma mensagem a Joana Mortágua quando a bloquista homenageou o pai na rede social. Confuso? Passemos a esclarecer.

No passado dia 19 de março, Joana Mortágua  decidiu homenagear o pai no Twitter: "Assaltou bancos, desviou aviões e transformou o Santa Maria em Santa Liberdade. Sonhava passear na Av. da Liberdade sem olhar por cima do ombro. Ensinou-me que 'mais vale ir tarde pela própria mão do que cedo pela mão dada', Era uma vez um Mortágua. E de repente fomos três", escreveu Joana Mortágua.

Ora, o líder da Juventude Popular decidiu então criticar a bloquista utilizando uma fotografia do Cristo Rei. “Como tem estado nevoeiro na ponte, aqui deixo uma fotografia Dele para memória futura. Não assaltou bancos, mas deu o que tinha aos pobres e doentes do seu tempo. Não desviou aviões, apesar de ter subido aos céus. Foi Santa Maria que o transformou Homem para nossa Santa Liberdade. Ensinou-nos que ao colocarmos a nossa própria mão na Sua podemos confiadamente ir até onde nos levar - e que nunca é cedo nem tarde para o fazermos. Era uma vez Jesus Cristo, depois foram 12, hoje somos 2,3 mil milhões de cristãos espalhados pelo mundo”, escreveu, aludindo à dedicatória de Mortágua.

E hoje é Isabel Moreira quem dedica algumas palavras a Francisco Rodrigues dos Santos, lançando algumas farpas. O “candidato a fascista(zito) não para de surpreender”. Ora, “deu-lhe para comprar Cristo (do qual parece detentor partidário num Estado laico com cristão votantes em todos os Partidos) a Camilo Mortágua, para denegrir o segundo. Isto a propósito de um lindíssimo parágrafo de homenagem ao pai que Joana R. Mortágua fez”, escreve a deputada.

Mas, lembra Isabel Moreira, por sinal filha de Adriano Moreira, que conhece “bem a gentinha que ataca através dos pais. O premiado líder da JP é um saco bolorento da direita reacionária com cheiro a sacristia. Cheio da superioridade dos cristãos, convencido na sua pequenez aflitiva que os cristão são todos CDS. Seriam 7%, vá. É por isso uma missiva cristã que pouco faz pela causa. Deve ser difícil não ter nenhuma autoridade moral no seu partido em termos de combate ao fascismo. Ou talvez não, para o jovem. Se chega ao poder ainda muda o nome da ponte sobre o Tejo para aquele, como era? Ah, também não gosto do Cristo Rei, posso? Eis o futuro do CDS”, remata.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.