Meteorologia

  • 26 ABRIL 2018
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 23º

Edição

"Com amor cristão", líder da JP responde a publicação de Joana Mortágua

Cristo, escreve Francisco Rodrigues dos Santos na mensagem dirigida a Joana Mortágua, "não assaltou bancos" e "não desviou aviões".

"Com amor cristão", líder da JP responde a publicação de Joana Mortágua
Notícias ao Minuto

16:50 - 20/03/18 por Notícias Ao Minuto

Política Redes sociais

O líder da Juventude Popular (JP), Francisco Rodrigues dos Santos, deixou esta terça-feira uma mensagem no Facebook, “com amor cristão”, dirigida a Joana Mortágua. 

“À Joana Mortágua, com amor cristão”, assim se dirige o centrista à bloquista, prosseguindo num discurso irónico e utilizando referências ao passado do pai da deputada. 

“Não assaltou bancos, mas deu o que tinha aos pobres e doentes do seu tempo. Não desviou aviões, apesar de ter subido aos céus. Foi Santa Maria que o transformou Homem para nossa Santa Liberdade. Ensinou-nos que ao colocarmos a nossa própria mão na Sua podemos confiadamente ir até onde nos levar - e que nunca é cedo nem tarde para o fazermos. Era uma vez Jesus Cristo, depois foram 12, hoje somos 2,3 mil milhões de cristãos espalhados pelo mundo”, escreveu, numa clara alusão à dedicatória que Joana Mortágua fez ontem, Dia do Pai, ao seu pai. 

Qualquer semelhança entre a publicação do líder da JP e de Joana Mortágua não é pura coincidência. "Assaltou bancos, desviou aviões e transformou o Santa Maria em Santa Liberdade. Sonhava passear na Av da Liberdade sem olhar por cima do ombro. Ensinou-me que 'mais vale ir tarde pela própria mão do que cedo pela mão dada', Era uma vez um Mortágua. E de repente fomos três", escreveu ontem, Dia do Pai, Joana Mortágua no Twitter. 

“Como tem estado nevoeiro na ponte, aqui deixo uma fotografia Dele para memória futura”, assim rematou o centrista a sua mensagem a Mortágua, também aqui aludindo a uma publicação da bloquista em que esta partilhou uma fotografia da Ponte 25 de Abril, num dia chuvoso, e na qual escreveu: “Não sei se isto é politicamente incorreto, mas gosto quando não se vê o cristo”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.