Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Sentido de voto no OE2019 "deve ser feito perante documento apresentado"

O vice-presidente da bancada do PSD António Leitão Amaro defendeu hoje que o anúncio do sentido do voto ao próximo Orçamento do Estado só deverá ser feito depois de se conhecer o documento, como tem sido prática dos sociais-democratas.

Sentido de voto no OE2019 "deve ser feito perante documento apresentado"
Notícias ao Minuto

18:20 - 17/02/18 por Lusa

Política Leitão Amaro

"O sentido de voto formalmente anunciado, é minha opinião que deve ser feito perante o documento apresentado", afirmou António Leitão Amaro, em declarações aos jornalistas à entrada para o segundo dia do 37.º Congresso do PSD, que decorre até domingo, em Lisboa.

Questionado sobre a posição hoje assumida pelo líder parlamentar social-democrata, Hugo Soares, de que o PSD deveria dizer já que vota contra o próximo Orçamento do Estado por ser "uma questão política essencial", Leitão Amaro recordou o que disse há uns meses, à saída de uma reunião com o ministro das Finanças, Mário Centeno, quando o Governo apresentou as linhas gerais do documento do ano passado.

"Disse que o PSD é um partido sério, rigoroso e, portanto, só iria anunciar o sentido de voto depois de conhecer o documento", lembrou, sublinhando que não mudou de opinião.

Contudo, Leitão Amaro ressalvou ser pouco provável que a visão e escolhas da 'geringonça' mude no último dos Orçamentos do Estado da legislatura.

"Não creio que António Costa vá mudar agora", afirmou, acusando o Governo de ter uma política orçamental toda virada para o consumo interno.

Sobre a questão da liderança parlamentar, Leitão Amaro considerou que "Hugo Soares foi um líder que surpreendeu" e que "todas as comunicações que fez esta semana tiveram muita dignidade".

"A vontade do líder do partido, como já aconteceu muitas vezes na história do PSD, era uma vontade que apontava num sentido diferente. A página vira-se", desdramatizou.

Questionado sobre a necessidade de uma segunda candidatura à liderança parlamentar, para além de Fernando Negrão, o deputado respondeu com uma pergunta: "para quê?".

"Fernando Negrão é um deputado português dos mais respeitados, com qualidade, com experiência e vai representar seguramente bem o PSD, os eleitores que votaram no PSD", elogiou.

Sobre o seu nome ter sido um dos avançados para a liderança da bancada após as eleições internas, Leitão Amaro recordou que "no dia seguinte às diretas, quando confrontado com isso, esclareceu que esse não era o seu caminho.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório