Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Óbito/Edmundo Pedro: JS recorda "grande lutador antifascista"

A Juventude Socialista (JS) lamentou a morte de Edmundo Pedro, ocorrida hoje, aos 99 anos, recordando-o como "grande lutador antifascista e fundador e dirigente histórico do Partido Socialista".

Óbito/Edmundo Pedro: JS recorda "grande lutador antifascista"
Notícias ao Minuto

19:57 - 27/01/18 por Lusa

Política Ivan Gonçalves

"A Juventude Socialista apresenta as mais sentidas condolências aos familiares e amigos de Edmundo Pedro, um histórico da resistência antifascista e um dos pais fundadores do Partido Socialista, cujos importantes contributos para a construção do Portugal democrático constituem parte substancial de um legado político e cívico que jamais será esquecido", lê-se na nota de pesar hoje divulgada.

Para o secretário-geral da JS, Ivan Gonçalves, Edmundo Pedro foi um "homem muito importante na luta e resistência antifascista, pela liberdade e contra a ditadura".

O responsável da JS destacou, igualmente, "o papel decisivo que Edmundo Pedro continuou a ter depois do 25 de Abril, principalmente durante o PREC e no caminho que o país fez para a consolidação da democracia".

"O seu exemplo de coragem e determinação continuará a ser exemplo e inspiração para milhares de jovens socialistas no nosso país", frisou.

O militante antifascista, fundador e dirigente histórico do PS, que hoje morreu em Lisboa, nasceu a 08 de novembro de 1918, no Samouco, concelho de Alcochete, Setúbal, e foi preso pela primeira vez aos 15 anos, por participar na organização da greve geral de 1934.

Aderiu na década de 1930 ao PCP, onde conheceu o líder histórico dos comunistas portugueses, Álvaro Cunhal, e foi, com o pai, Gabriel, um dos primeiros presos políticos do Campo de Concentração do Tarrafal, em Cabo Verde, em 1936.

Afastou-se do PCP em 1945 e participou em vários movimentos armados para tentar derrubar o regime.

Em 1973, foi um dos fundadores do Partido Socialista, ao lado de Mário Soares.

Após o 25 de Abril, tornou-se deputado e foi também presidente da RTP, entre 1977 e 1978.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório