Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2018
Tempo
25º
MIN 25º MÁX 26º

Edição

Carlos César nega existir participação contra deputado Ascenso Simões

O líder parlamentar do PS rejeitou hoje que haja qualquer participação disciplinar movida contra o deputado socialista Ascenso Simões por ter violado a disciplina da bancada numa votação na especialidade do Orçamento do Estado.

Carlos César nega existir participação contra deputado Ascenso Simões
Notícias ao Minuto

07:04 - 13/12/17 por Lusa

Política Partido Socialista

Numa das votações na especialidade do Orçamento do Estado para 2018, o antigo secretário de Estado socialista Ascenso Simões, deputado eleito por Vila Real, votou favoravelmente uma proposta do Bloco de Esquerda para taxar as empresas produtoras de energias renováveis, enquanto o resto da sua bancada votou contra.

Dias antes dessa votação, no entanto, o Grupo Parlamentar do PS tinha aprovado essa mesma proposta do Bloco de Esquerda, só que, depois, decidiu avocá-la para uma nova votação, optando então pelo chumbo.

"Não há qualquer participação em relação à conduta de âmbito disciplinar no caso do deputado Ascenso Simões. O que há é uma informação dirigida à Comissão Nacional de Jurisdição do PS no sentido de esclarecer se as questões que envolvem as votações na especialidade de propostas de Orçamento de Estado estão ou não abrangidas pela disciplina de voto", referiu o presidente do Grupo Parlamentar do PS.

Na perspetiva de Carlos César, sobre as votações na generalidade e final global "não há dúvidas" no que respeita à existência de disciplina de interna.

"No meu entendimento, faz tanto sentido usar da disciplina de voto para a generalidade do Orçamento, como para cada uma das suas normas na especialidade. Mas importa esclarecer que não está em causa qualquer ação disciplinar específica e, portanto, todas as informações que têm sido veiculadas com essa intenção não são corretas", advogou.

Carlos César disse depois que o Grupo Parlamentar do PS se "orgulha do seu funcionamento e da sua pluralidade".

"É seguramente o Grupo Parlamentar em que a pluralidade de posições mais se tem manifestado no exercício de voto por parte dos seus deputados. Fico orgulhoso que, no meu Grupo Parlamentar, essa diversidade não só exista, como se possa manifestar. É isso que tem acontecido mais do que em qualquer outro Grupo Parlamentar", insistiu.

Neste ponto, o líder da bancada socialista referiu mesmo que há grupos parlamentares em que, pessoalmente, não tem "memória de haver alguém que tenha divergido na sua posição".

"E certamente não é porque todos tenham a mesma posição sobre todos os temas", acrescentou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório