Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 11º

Edição

Trump é um "pirómano" que teve um ato "infantil e incendiário"

Em causa o facto de Donald Trump ter reconhecido unilateralmente, na quarta-feira, Jerusalém como a capital de Israel, deslocalizando para lá a embaixada dos EUA que até aqui se mantinha em Telavive.

Trump é um "pirómano" que teve um ato "infantil e incendiário"
Notícias ao Minuto

09:27 - 07/12/17 por Patrícia Martins Carvalho

Política Barbosa Ribeiro

A comunidade internacional está melindrada com as consequências que podem advir da decisão de Donald Trump de reconhecer Jerusalém – um território que é disputado por Israel e Palestina – como a capital dos israelitas.

Em todo o mundo se fizeram ouvir as reações negativas dos vários líderes e, por cá, não foi diferente.

Na sua página do Facebook, o deputado socialista Tiago Barbosa Ribeiro acusou Donald Trump de ser um “pirómano que apenas quer agradar a uma parte dos ultras que o elegeram”, tendo tomado, por isso, uma decisão “infantil e incendiária” que é uma “péssima notícia para uma coexistência pacífica de Israel com uma Palestina independente”.

Tiago Barbosa Ribeiro considera ainda que o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel é um ato de uma “profunda violência simbólica”, lembrando que o “exercício da força bruta e da arrogância só vai agravar o problema e tornar indefensável qualquer posição que não seja o isolamento e a condenação da comunidade internacional”.

“Mais uma mancha num mandato que, até agora, não passa de uma nódoa”, finaliza o socialista.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório