Meteorologia

  • 08 MAIO 2021
Tempo
23º
MIN 13º MÁX 24º

Edição

Cavaco exige ou não permanência de Portas no Governo?

A edição desta sexta-feira do semanário Sol avança que o Presidente da República, Cavaco Silva, não exige que o ministro demissionário dos Negócios Estrangeiros e líder do CDS, Paulo Portas, permaneça no Executivo. Porém, o jornal Público adianta uma informação contrária. Segundo aquela publicação, o chefe de Estado só aceita um Governo de coligação caso Portas se mantenha em funções. Afinal, quem tem razão?

Cavaco exige ou não permanência de Portas no Governo?

O que é verdade num momento poderá já não o ser no seguinte. Assim tem sido a história dos últimos dias da política nacional, que vive um verdadeiro cataclismo. As informações contraditórias acerca do hipotético desfecho da crise desencadeada pela demissão do ministro dos Negócios Estrangeiros e líder do CDS, Paulo Portas, têm vindo a multiplicar-se, deixando o País em suspenso, à espera de respostas concretas.

A título de exemplo, para ilustrar as incertezas que se respiram em Portugal, a edição de hoje do semanário Sol dá conta de que o Presidente da República, Cavaco Silva, abre mão da continuidade de Portas do Executivo, não se revestindo, portanto, a sua permanência de um carácter vital para a estabilidade governativa,

Por outro lado, o Público relata na sua edição que uma das exigências do chefe de Estado para aceitar um Governo de coligação prende-se, justamente, com a continuidade dos dois líderes dos partidos da maioria em pastas ministeriais.

Segundo o Sol, perante a efectiva saída do ministro demissionário, Cavaco impõe apenas uma condição: de que quem o venha a substituir seja um nome de “primeira linha” do partido, como o de Lobo Xavier ou o de Pires de Lima, para abraçar a pasta da Economia, a que os centristas, é sabido, tanto aspiram.

Já o Público garante que a Casa Civil da Presidência comunicou tanto ao PSD como ao CDS que só aprovaria um Governo de coligação se os respectivos líderes o continuassem a integrar.

Ambos os órgãos de informação citam fontes próximas deste processo. Ora, afinal, qual a versão mais plausível? É uma incógnita, como, aliás, o é também o futuro do País. Possivelmente, só na próxima segunda-feira, dia em que o Presidente da República reunirá com os partidos da coligação, haverá novidades. Ou não.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório