Meteorologia

  • 14 ABRIL 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 20º

Edição

Porto: PS "respeitará quem venceu", mas será "firme e combativo"

"O PS sai destas eleições reforçando a sua posição como o maior e mais representativo partido portuense", diz Tiago Barbosa Ribeiro.

Porto: PS "respeitará quem venceu", mas será "firme e combativo"

Tiago Barbosa Ribeiro é autor de um artigo de opinião publicado no site Acção Socialista e focado nos resultados das eleições autárquicas de 1 de outubro.

Depois de recordar a “rutura do acordo” entre Rui Moreira e Manuel Pizarro, na Câmara do Porto, o deputado do PS salientou que “a história socialista no Porto é notável” e que, mesmo não tendo vencido as sondagens, o Partido Socialista “subiu consideravelmente face às últimas autárquicas”.

“Ganhámos mais votos e mais mandatos, mantendo até ao fim a indecisão sobre o desfecho desta disputa que deixou Rui Moreira num estado de enorme desorientação, atacando jornalistas e empresas de sondagens: passámos de três para quatro vereadores na Câmara, de 10 para 11 deputados na Assembleia Municipal e de 39 para 42 eleitos nas Assembleias de Freguesia, mantendo a larga distância a presidência da Junta de Freguesia de Campanhã”, justificou o socialista.

Assim sendo, entende Barbosa Ribeiro que “o PS sai destas eleições reforçando a sua posição como o maior e mais representativo partido portuense, iniciando agora um exercício federador na oposição política e na apresentação de soluções alternativas para a cidade”.

“Respeitando quem venceu, seremos firmes e combativos no nosso escrutínio e na nossa ação, em especial nos órgãos onde não há uma única maioria a impor a sua vontade. Essa dimensão institucional não esgotará a nossa intervenção, mas terá naturalmente centralidade no nosso alargamento político e social”, atirou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório