Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2018
Tempo
23º
MIN 23º MÁX 23º

Edição

Tancos: “É uma vergonha a continuação deste não estado de coisas”

Miguel Sousa Tavares comentou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o assalto a Tancos, que tanta tinta tem feito correr nos últimos dias.

Tancos: “É uma vergonha a continuação deste não estado de coisas”
Notícias ao Minuto

20:41 - 25/09/17 por Melissa Lopes 

Política Miguel Sousa Tavares

"A história de Tancos é uma vergonha total e completa”, começou por comentar Miguel Sousa Tavares, na SIC, defendendo que não é aceitável que “dois meses e meio depois nada esteja apurado”.

“E não estamos a falar de uma operação dos serviços secretos israelitas ou do James Bond, não foi ele que foi roubar as armas a Tancos”, ironizou o comentador.

“Não é aceitável mais um dia que a situação continue assim. Não podem desaparecer armas que estão confiadas aos paióis do Exército, da mesma forma que não podem desaparecer as reservas de ouro das caves do Banco de Portugal sem que haja responsáveis. É uma vergonha a continuação deste não estado de coisas”, realçou ainda o escritor.

O Expresso, recorde-se, diz ter tido acesso a um relatório sobre o assalto a Tancos que “arrasa ministro e militares”. Foi, aliás, manchete da última edição do semanário. A notícia levou a que as Forças Armadas desmentissem a existência de tal relatório. Tal desmentido fez com que o Expresso reagisse, garantindo que o documento “existe e é verdadeiro”. O tema tem estado presente na agenda dos políticos. O primeiro-ministro reagiu no próprio dia dizendo desconhecer tal relatório. Mais tarde, sugeriu que o documento em causa poderá ter sido “fabricado”.

Pedro Passos Coelho, por outro lado, criticou o facto de se saber destas notícias pela imprensa. "Não sei se o senhor Presidente da República está a par do que se passa, mas o Parlamento não sabe de nada, temos de comprar o Expresso ao sábado para saber o que se passa com o Orçamento, para saber o que passa com os paióis militares, para termos as notícias que o Governo tem a obrigação de prestar ao Parlamento?", questionou o líder do PSD no fim de semana.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório