Meteorologia

  • 20 JULHO 2018
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 19º

Edição

Ferreira Leite apoia Leal Coelho e não está "preocupada com sondagens"

Antiga ministra das Finanças entrou esta segunda-feira na campanha autárquicas para apoiar Teresa Leal Coelho. Fê-lo por "devoção" e porque é do PSD.

Ferreira Leite apoia Leal Coelho e não está "preocupada com sondagens"
Notícias ao Minuto

11:56 - 25/09/17 por Fábio Nunes com Lusa

Política Campanha

Teresa Leal Coelho contou com uma presença de nome de peso na sua ação de campanha esta segunda-feira de manhã. A candidata social-democrata percorreu as Avenidas Novas na companhia de Manuela Ferreira Leite, antiga líder social-democrata.

As sondagens mais recentes colocam Assunção Cristas à frente da candidata do PSD na corrida ao município de Lisboa, algo que Manuela Ferreira Leite desdramatiza.

"Não estou muito preocupada com as sondagens nem sequer com os resultados. Que sejam verdadeiramente igualitárias e que dêem a real dimensão a cada uma das campanhas", disse a antiga ministra das Finanças à TVI.

Ferreira Leite esclareceu ainda as razões que a levaram a juntar-se a Teresa Leal Coelho para esta ação de campanha.

"Estou aqui para apoiar Teresa Leal Coelho na sua candidatura à autarquia de Lisboa. Não estou aqui por obrigação, venho por devoção. Porque sou lisboeta e portanto tudo o que se passa na cidade não me é indiferente, mas primeiro porque sou do PSD", afirmou.

Sobre Teresa Leal Coelho, Ferreira Leite vincou que é uma pessoa "com fortes convicções, muito trabalhadora, muito empenhada, muito competente" e que o PSD já deu provas quando Pedro Santana Lopes esteve à frente dos destinos da capital.

Na opinião de Manuela Ferreira Leite a forma de fazer campanha mudou ao longo do tempo, pelo que atualmente o digital tem uma maior influência junto da população do que as arruadas.

"Não esperem que tenhamos pessoas atrás de nós, que esteja tudo aos gritos, que haja comícios, isso já não se usa, isso já não existe. A única coisa que existe neste momento é a comunicação social e redes sociais, e se elas forem objetivas não tendenciosas, serão iguais para todos e todos serão capazes de fazer uma avaliação de quais são os valores que estão em causa", advogou a antiga presidente do partido.

As eleições autárquicas têm lugar no próximo domingo, dia 1 de outubro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.