Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

PSD/PPM com medidas para melhorar trânsito no Porto

O candidato da coligação PSD/PPM à Câmara do Porto, Álvaro Almeida, apresentou hoje o seu programa de 21 medidas para os próximos quatro anos, com propostas para a melhoria da mobilidade quer no centro da cidade, quer na VCI.

PSD/PPM com medidas para melhorar trânsito no Porto
Notícias ao Minuto

19:10 - 16/09/17 por Lusa

Política Autárquicas

"Reduzir a circulação de pesados em trânsito na VCI [Via de Cintura Interna], criando incentivos para a utilização de alternativas", é uma das medidas apresentadas, com uma solução que passa por desviar esse trânsito para a CREP (Circular Regional Exterior do Porto) ou a VRI (Via Regional Interior), introduzindo penalizações aos pesados que optarem por passar pelo centro no Porto.

Ainda ao nível da mobilidade, o candidato pretende "descongestionar o trânsito dentro do Porto", através da "alteração dos sentidos de trânsito que foram construídos para beneficiar o transporte público de penetração na cidade", da retirada dos "pinos de separação de faixas no meio da rua" e da restauração da Direção Municipal da Via Pública.

São também propostas a redução do custo com parquímetros, a realização de uma intervenção e a remodelação total no nó do Hospital de São João, a implementação de um sistema de guias para estacionamentos disponíveis, a monitorização de forma efetiva do tráfego, além do estudo, "em articulação com o município de Gaia e o Estado, da construção de uma ponte à cota baixa na zona de Massarelos exclusiva para veículos ligeiros e peões, por forma a promover o descongestionamento da Arrábida", pode ler-se no programa divulgado.

Álvaro Almeida comprometeu-se ainda a "encontrar formas de financiamento alternativas" que permitam a construção da Linha Ocidental do Metro, cuja importância "nunca esteve em questão", mas que "foi abandonada recentemente pelo Governo e pelo Metro" o que considerou não ser admissível.

"A principal revolução que pretendemos trazer é passar a executar. Tivemos quatro anos em que muito pouco foi feito. Os próximos quatro anos, se vencermos, serão quatro anos de execução de projetos que já foram anunciados e nunca executados e também execução das nossas 21 propostas para 2021", frisou.

Criar em Campanhã um Centro Empresarial Oriental do Porto é outra das propostas de Álvaro Almeida, que ali espera ver nascer um grande empreendimento onde seja instalada a Agência Europeia do Medicamento e que permita gerar quatro mil novos empregos em escritórios, áreas comerciais, edifícios de habitação e um centro de saúde, promovendo desta forma uma "efetiva regeneração" daquela área da cidade.

O candidato da coligação PSD/PPM comprometeu-se ainda a devolver 2,5% do Imposto sobre o Rendimento Singular (IRS) às famílias residentes no Porto, a promover a melhoria dos resultados escolares, a reforçar a segurança, a melhorar radicalmente a limpeza da cidade e a controlar a praga das gaivotas.

Pretende também delegar mais competências nas juntas de freguesia, disponibilizar uma solução para todos os sem-abrigo, criar um sistema de transporte de vizinhança para idosos porta a porta e um programa Idoso Seguro, construir novas infraestruturas desportivas, promover a reabilitação de edifícios e atrair mais jovens para a cidade através do programa Reabilitar para Arrendar.

O ex-presidente da Câmara do Porto Rui Rio, que não pôde estar hoje presente na sessão, fez questão de, numa missiva que foi disponibilizada aos jornalistas, manifestar o seu "apoio à candidatura" e frisar a sua "confiança na capacidade técnica e política de Álvaro Almeida para executar o programa que agora submete aos portuenses, na mesma linha de coerência e convicção com que o PSD exerceu, no passado recente, os seus três mandatos consecutivos" na autarquia.

São candidatos à Câmara do Porto o independente Rui Moreira, apoiado pelo CDS-PP e MPT, o socialista Manuel Pizarro, Álvaro Almeida, pela coligação PSD/PPM, Ilda Figueiredo, da CDU, João Teixeira Lopes, do BE, Bebiana Cunha, do PAN, Costa Pereira, do PTP, Sandra Martins, do PNR, e Orlando Cruz, do PPV/CDC.

As eleições autárquicas realizam-se a 01 de outubro.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório