Meteorologia

  • 16 JULHO 2018
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 19º

Edição

"PSD quer usar vítimas de Pedrógão para fazer chicana política"

Partido Comunista Português recusou comentar o facto de a lista das vítimas mortais resultantes do incêndio de 17 de junho em Pedrógão Grande estar em Segredo de Justiça.

"PSD quer usar vítimas de Pedrógão para fazer chicana política"
Notícias ao Minuto

18:20 - 25/07/17 por Patrícia Martins Carvalho

Política António Filipe

O PSD, através do seu novo líder parlamentar – Hugo Soares –, pediu ao presidente da Assembleia da República que convoque a comissão permanente para debater, com urgência, a lista de mortos do incêndio de Pedrógão Grande.

Para o PCP, esta decisão “percebe-se mal”, uma vez que está “agendada para a próxima quinta-feira uma reunião com a ministra da Administração Interna” durante a qual haverá oportunidade para “obter esclarecimentos por parte do Governo”.

O deputado comunista António Filipe considerou mesmo, esta terça-feira na Assembleia da República, que o que o “PSD está a demonstrar é que quer utilizar, lamentavelmente, a questão das vítimas para fazer chicana política”, acusando ainda os sociais-democratas de “quererem instrumentalizar esta situação para obterem dividendos político-partidários”.

Quanto ao facto de a lista oficial do número de mortos do incêndio estar em segredo de justiça, António Filipe ressalvou que “não é uma questão sobre a qual temos que nos pronunciar”, pois é uma questão que “tem que ver com o funcionamento da Justiça”.

“A decisão [de colocar um processo em segredo de justiça] é do Ministério Púbico e o Parlamento não tem qualquer possibilidade de intervenção”, rematou. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.