Meteorologia

  • 27 JULHO 2017
Tempo
27º
MIN 23º MÁX 30º

Edição

Frente Cívica de Paulo Morais defende redução do IVA da energia elétrica

A associação Frente Cívica defende que IVA da eletricidade volte a ser taxado a 6%.

Frente Cívica de Paulo Morais defende redução do IVA da energia elétrica
Notícias ao Minuto

09:03 - 22/06/17 por Carolina Rico

Política Associação

A associação Frente Cívica, fundada pelo ex-candidato à presidência Paulo Morais, entregou ao Presidente do Parlamento uma reivindicação pela redução do IVA da energia elétrica.

Defende-se que esta tributação passe dos 23% para os 6%, "revertendo assim uma das medidas mais dolorosas para a economia nacional adotadas com alguma irreflexão nos últimos anos".

A medida devia integrar a discussão do Orçamento do Estado por forma a entrar em vigor partir de 1 de janeiro de 2018, pode ler-se na nota enviada a Ferro Rodrigues e às redações. 

“Dada a imperiosa necessidade de reverter os sofrimentos impostos ao País por via das políticas austeritárias adotadas nos amaríssimos anos do Programa de Assistência Económica e Financeira a Portugal, entende a Frente Cívica que é chegado o momento de repor o valor do IVA na eletricidade, na sua taxa reduzida”.

O movimento de Paulo Morais condena que a energia elétrica seja tributada como um “produto de luxo”, obrigando famílias a privar-se de “necessidades basilares, nomeadamente as de aquecimento das habitações no inverno”.

Campo obrigatório