Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 9º MÁX 9º

Edição

Soares: Bloco destaca convergências, PCP sem esconder divergências

Os líderes parlamentares de BE e PCP destacaram hoje as convergências recentes e as divergências históricas com o falecido Presidente da República e fundador do PS Mário Soares durante a sessão parlamentar evocativa da sua memória.

Soares: Bloco destaca convergências, PCP sem esconder divergências
Notícias ao Minuto

16:27 - 11/01/17 por Lusa

Política Parlamento

Ainda assim, sociais-democratas, socialistas, bloquistas, democratas-cristãos, comunistas, ecologistas e o deputado único do PAN deverão ser unânimes na aprovação do voto de pesar pela morte do ex-chefe de Estado, proposto pelo presidente da Assembleia da República, o também ex-líder socialista, Eduardo Ferro Rodrigues.

O Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) e o Pessoas-Animais-Natureza (PAN) destacaram ambos a importância das "Presidências Abertas", pela proximidade do então Presidente ao povo e ao território, nomeadamente um dos périplos dedicados precisamente ao ambiente, em abril de 1994, sem deixarem de admitir discordâncias com Soares.

Mário Soares morreu no sábado após 26 dias de internamento hospitalar e o Governo decretou três dias de luto nacional, até hoje, inclusive. As cerimónias fúnebres de Estado começaram na segunda-feira, com o corpo em câmara ardente, no Mosteiro dos Jerónimos, uma sessão solene nos claustros manuelinos com a presença de altas figuras nacionais e estrangeiras e novo e emocionado cortejo popular até ao cemitério dos Prazeres.

Nascido a 07 de dezembro de 1924, em Lisboa, Mário Alberto Nobre Lopes Soares, advogado, combateu a ditadura do Estado Novo e foi o primeiro secretário-geral do PS.

Após a revolução do 25 de Abril de 1974, regressou do exílio em França e foi ministro dos Negócios Estrangeiros e primeiro-ministro entre 1976 e 1978 e entre 1983 e 1985, tendo pedido a adesão de Portugal à então Comunidade Económica Europeia (CEE), em 1977, e assinado o respetivo tratado, em 1985, precisamente no mesmo edifício manuelino em que foi velado desde segunda-feira.

Em 1986, ganhou as eleições presidenciais e foi Presidente da República durante dois mandatos, até 1996.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório