Já é certo: PSD sem Santana Lopes em Lisboa. E agora?

O PSD 'perdeu' aquele que era considerado o melhor candidato social-democrata à Câmara Municipal de Lisboa.

© Global Imagens
Política Câmara

“Nunca se sabe o que a vida nos traz”, afirmava Pedro Santana Lopes no mês de maio do presente ano. Agora, pouco mais de seis meses depois, o social-democrata confirmou ao Expresso que não será candidato à Câmara Municipal de Lisboa, colocando em primeiro lugar os compromissos que tem com a Santa Casa da Misericórdia.

PUB

A decisão terá sido apresentada a Pedro Passos Coelho, atual líder do PSD, ao presidente da concelhia de Lisboa, Mauro Xavier, ao líder da distrital, Miguel Pinto Luz, e ao coordenador autárquico do PSD, Carlos Carreiras.

A certeza de que Santana Lopes não é uma possibilidade para o PSD na corrida à Câmara de Lisboa levanta dúvidas quanto à posição social-democrata nas próximas eleições autárquicas, ficando assim o cenário em aberto relativamente ao candidato que fará frente a Fernando Medina.

Até ao momento, sabe-se que Assunção Cristas será a candidata do CDS à autarquia da capital, mas o PSD  já 'torceu o nariz' quanto a um eventual apoio à líder centrista.

Luís Montenegro chegou a ser apontado como candidato à Câmara de Lisboa, mas o líder parlamentar do partido excluiu-se da disputa eleitoral, considerando que o PSD tem condições para apresentar uma “candidatura ganhadora”.

Sobre Cristas comentou apenas que representa a “candidatura do CDS”.

Os nomes apontados como possíveis candidatos à autarquia da capital pelo PSD são escassos e esta parece ser uma 'dura batalha' que o partido tem pela frente. 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS