“Este feriado nunca devia ter sido suspenso”, defende Marcelo

“O que nos une aqui é hoje é Portugal", disse o Presidente da República.

© DR
Política Presidente

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou hoje, durante o discurso que protagonizou na cerimónia do Dia da Restauração da Independência, que “este é um feriado que nunca devia ter sido suspenso”.

PUB

Para o Presidente da República é essencial “que se sublinhasse sempre com relevo a data simbólica da independência da nacionalidade”.

“O que nos une aqui hoje é Portugal, o Portugal intemporal que viu um monarca vai para 130 anos prestar neste monumento homenagem à restauração”, começou por dizer, considerando que hoje é o dia em que “celebramos a nossa pátria e a nossa independência”.

“Aqui virmos e aqui estarmos traz também consigo um sentido de compromisso”, afirmou, referindo-se à necessidade de transmitir este sentido “da voz dos avós para os pais e dos pais para os filhos".

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS