Orçamento aprovado. "É um momento de reforçada confiança"

OE2017 foi aprovado ao início da tarde. Momento agora para as reações.

© Reuters
Política António Costa

“É um momento de reforçada confiança”. É desta forma que o primeiro-ministro reage à aprovação, na votação final global, do Orçamento do Estado para 2017.

PUB

Mostrando-se “satisfeito” com o caminho percorrido até à aprovação do documento, António Costa admite que o Orçamento “prosseguirá o essencial: o virar a página da austeridade, mantendo todas as condições de participação ativa no quadro da zona euro”.

“A alternativa é possível e vai continuar a poder concretizar-se”, congratula-se o chefe do Executivo, elencando aquelas que considera as suas principais conquistas: “Continuar a reforçar o rendimento das famílias, aumentar o investimento público e criar melhores condições para o investimento privado, desenvolver o Estado Social, prosseguir a redução do défice e dívida pública e o consolidar a participarão de Portugal no quadro da zona euro”.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS