Meteorologia

  • 14 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 21º

Edição

Matérias que impliquem "diminuição da soberania" merecem referendo

O candidato a Presidente da República António Sampaio da Nóvoa disse hoje que, caso chegue a chefe de Estado, não aceitará "diminuições significativas" da soberania do país sem "um debate aprofundado" e um referendo sobre as matérias.

Matérias que impliquem "diminuição da soberania" merecem referendo

"Não aceitarei diminuições significativas da nossa soberania nacional sem que isso seja submetido a um debate aprofundado na sociedade portuguesa e a um referendo", vincou o candidato em declarações aos jornalistas no final de uma iniciativa em Coruche.

Sem concretizar eventuais matérias passíveis de referendo, Nóvoa quis contudo transmitir a mensagem "do debate, da discussão e da preparação do país" para assuntos de elevada importância, enaltecendo a cultura do diálogo.

"Pertenço à geração que provavelmente ao longo da história de Portugal mais acreditou e acredita na Europa. Eu sou de uma geração europeísta, bati-me pela Europa desde miúdo", vincou ainda.

Questionado sobre eventuais momentos no passado em que pudesse ter havido referendos sobre a presença de Portugal na Europa ou matérias de soberania nacional, Nóvoa reconhece que "podia ter havido momentos em que eventualmente um referendo se justificasse", mas desvalorizou o exercício de falar de exemplos passados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório