Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 14º

"Beija-mão à troika chega a ser vexatório"

A vereadora da Câmara Municipal de Lisboa, Helena Roseta, dificilmente poderia ter uma perspectiva mais crítica relativamente ao Executivo liderado por Pedro Passos Coelho. A responsável, que falava na quinta-feira à noite na antena da SIC Notícias, considera que “o beija-mão [do Governo português] à troika chega a ser vexatório”, e que o País está a ser “espoliado da sua soberania”.

"Beija-mão à troika chega a ser vexatório"

Para a vereadora da autarquia de Lisboa, Helena Roseta, a “subserviência” do Executivo liderado por Pedro Passos Coelho em relação troika é humilhante. “O beija-mão [do Governo português] à troika chega a ser vexatório”, comentou a responsável, na noite de quinta-feira, na antena da SIC Notícias.

Helena Roseta assinalou que o País está a ser “espoliado da sua soberania”, sendo que os elementos que estão em Portugal a propósito da sétima revisão ao programa de ajustamento português, não passam de “burocratas” que se limitam a cumprir ordens, quando o Executivo deveria “falar [directamente] com as instâncias que tomam as decisões”.

Ao mesmo tempo, salvaguardou a vereadora, não é admissível que ainda não se saiba como vão ser implementados os cortes de 4 mil milhões de euros nas funções sociais do Estado, sublinhando que este “comportamento de secretismo está dar cabo da democracia”.

“Vão-me ao bolso e não me dizem como?”, questionou Roseta, que, à semelhança de muitas vozes contestatárias que se fazem ouvir contra a política do Governo, salientou que “a culpa [do endividamento] não é dos portugueses”, mas sim “da banca”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório