Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 14º

Políticas do Governo "falharam completamente", diz CCP

O presidente da Confederação de Comércio e Serviços (CCP), Vieira Lopes, afirmou, esta terça-feira, que as políticas do Governo “falharam completamente”, considerando que o “plano não está adequado à realidade portuguesa”.

Políticas do Governo "falharam completamente", diz CCP
Notícias ao Minuto

18:58 - 26/02/13 por Lusa

Política Vieira Lopes

“Basta ver a velocidade a que neste país tem alterado as previsões: a uma velocidade quase idêntica à que alguns clubes de futebol mudam de treinador numa época” ilustrou Vieira Lopes à saída de uma reunião com o secretário-geral do Partido Socialista, em Lisboa.

Para o líder da CCP, “o plano não está adequado ao tipo de pequenas empresas que existem no mercado português ou que trabalham para o mercado interno”, nem “ao endividamento das famílias portuguesas [e] à dificuldade da banca em financiar” a economia.

Vieira Lopes considerou ainda que o “modelo de ajustamento apresentado [pela ‘troika’] a Portugal falhou” e que “todos os indicadores económicos e sociais demonstram que as previsões feitas pelo Governo e pela ‘troika’ estavam completamente erradas”.

O presidente da CCP disse que “é preciso criar condições para o investimento e, neste momento, não há liquidez disponível”, defendendo que tem de ser o Governo e a banca a criarem condições para isso.

De acordo com Vieira Lopes, outro aspecto “fundamental” é a redução dos custos da dívida pública: “Para haver libertação de fundos, é fundamental baixar os custos do serviço da dívida pública [em termos de] juros e amortizações”.

António José Seguro iniciou na segunda-feira uma ronda de reuniões com os parceiros sociais, no dia em que chegou a Portugal uma missão da ‘troika’ (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu) para discutir com o Governo a sétima revisão do programa de assistência financeira.

O secretário-geral do PS vai ainda receber a Confederação Empresarial de Portugal - CIP e a União Geral de Trabalhadores (UGT).

Na segunda-feira, o líder socialista reuniu-se com a Confederação do Turismo Português (CTP), com a Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP) e com a Confederação de Agricultores Portugueses (CAP).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório