Meteorologia

  • 19 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Vereador do PS diz que coligação com Rui Moreira é "exemplo para o país"

O socialista Manuel Pizarro destacou hoje o "exemplo para o país" da coligação pós-eleitoral que gere a Câmara do Porto, elogiando o presidente independente Rui Moreira e os vereadores do PS pelo "respeito e lealdade".

Vereador do PS diz que coligação com Rui Moreira é "exemplo para o país"
Notícias ao Minuto

17:30 - 31/10/15 por Lusa

Política Manuel Pizarro

"Fazemos um balanço muito positivo da liderança de Rui Moreira e da intervenção dos vereadores socialistas, quer no âmbito dos seus pelouros quer na criação de condições de governabilidade. Esta coligação é um exemplo para o país, na medida em que o presidente da Câmara trata o PS com respeito e consideração e o PS tem respondido com trabalho dedicado e lealdade", afirmou Manuel Pizarro.

Em declarações à Lusa antes da participação numa sessão organizada pela concelhia do PS Porto para fazer um balanço da primeira metade do mandato autárquico iniciado no final de 2013, o vereador da Habitação e Coesão Social da Câmara do Porto sublinhou ainda o facto de não ter havido "nenhuma deriva despesista" nas contas da autarquia.

"Fizemos todo o trabalho mantendo as contas à moda do Porto", afirmou o vereador, que é um dos dois socialistas com pelouro na Câmara do Porto (o outro é Manuel Correia Fernandes, que tutela o Urbanismo).

Pizarro destaca a ação da maioria formada pelos independentes de Rui Moreira em coligação pós-eleitoral com o PS nas áreas da Coesão Social, na Cultura e no "crescimento económico", chamando a atenção para a "recuperação do atraso secular da zona oriental da cidade".

Para isso contribui "o projeto de requalificação do Mercado do Bolhão, a reconversão do antigo Matadouro numa âncora para o desenvolvimento económico da zona oriental, a construção da gare intermodal de Campanhã e a despoluição do rio Tinto, que vai permitir o avanço do projeto do Parque Oriental".

"Finalmente, temos a zona oriental com a atenção que lhe era devida", notou.

Na Coesão Social, o vereador do PS chama a atenção para "o esforço sem paralelo" na reabilitação da habitação social, que o orçamento para 2016 "vai receber mais de 23 milhões de euros".

Pizarro cita ainda o Fundo de Emergência Social que, "só na componente de habitação, apoia mensalmente mais de 520 famílias".

O socialista elogia ainda a "renovada atenção dada aos moradores das ilhas", habitações operárias típicas da cidade.

Quanto à Cultura, Pizarro diz que a ação desenvolvida pelo vereador independente Paulo Cunha e Silva tem sido "absolutamente entusiasmante".

"Recolocou a cidade na liderança do panorama cultural do país", frisou.

Pizarro considera que "a única questão que é preciso continuar a combater" está relacionada com "o centralismo incompetente do Governo".

"Esse centralismo tem-se verificado no confisco da Águas do Douro e Paiva, em relação ao qual continuaremos a lutar sem desfalecimento. Tem-se verificado também no processo opaco de privatização das empresa s públicas de transportes e no lamentável atraso do Quadro Comunitário de Apoio Portugal 2020", afirmou o vereador.

"É imperioso conseguirmos uma mudança na política nacional", acrescentou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório