Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Superprocurador do caso BPN pode 'bater com a porta'

O principal investigador do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), Rosário Teixeira, não gostou de ouvir a procuradora-geral da República (PGR) anunciar um inquérito disciplinar contra si e pode estar de saída, noticia esta quarta-feira o Jornal de Notícias (JN).

Superprocurador do caso BPN pode 'bater com a porta'

O DCIAP está em risco de ficar sem o seu principal investigador, que tem em mãos processos como o do Banco Português de Negócios (BPN), escreve hoje o JN. De acordo com o jornal, Rosário Teixeira não gostou que a PGR tenha anunciado na passada sexta-feira a abertura de um inquérito disciplinar contra si, contra o colega também titular de investigações com Angola, Paulo Gonçalves, e contra a directora cessante do DCIAP, Cândida Almeida.

O JN adianta que o ‘superprocurador’ dirigiu-se esta segunda-feira aos colegas num discurso que foi entendido como uma despedida.

“Esperemos que quem vier faça melhor do que eu, que acuse ou arquive. Até aqui, davam-nos um pau e uma cenoura e, agora, o pau tornou-se incomportavelmente maior que a cenoura”, terá dito Rosário Teixeira, de acordo com o relato feito ao jornal por uma testemunha.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório