Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

"Passos não pode tratar o PS como se fosse um partido amanuense"

O presidente do Partido Socialista (PS) teceu, esta quarta-feira, duras críticas ao primeiro-ministro.

"Passos não pode tratar o PS como se fosse um partido amanuense"

Pedro Passos Coelho disse hoje que já teve duas reuniões com o PS e que “não” tenciona ter mais “nenhuma para fazer de conta ou simular que estamos a procurar um resultado que até hoje não teve qualquer significado porque o PS não deu nenhum contributo para que esse resultado fosse alcançado".

Na resposta, o presidente do PS, Carlos César, atirou as culpas para o primeiro-ministro acusando-o de, na primeira reunião, ter tido uma “conduta de grande arrogância e até beligerante”.

“A posição de arrogância era tal que colocava a questão como se ao PS estivesse reservado o ônus de o dr. Pedro Passos Coelho ser primeiro-ministro”, afirmou.

O presidente do PS frisou ainda que foi feito um “conjunto de perguntas por escrito” que serão tornadas públicas ainda hoje e às quais os socialistas não obtiveram a resposta que desejavam.

Acrescentou Carlos César que Passos Coelho revelou, na noite das eleições, uma “grande incompreensão em relação à situação eleitoral diferente que vivemos”.

Nesta senda, o socialista lembrou que o líder do PSD “não tem mais a maioria e é obrigado a dialogar com o PS”. Por esta razão, sublinhou, o primeiro-ministro “não pode tratar o PS como se fosse um partido amanuense do PSD, como se fosse o CDS”.

“Quem precisa de fazer reuniões com o PS é um governo com minoria que não está em condições de se apresentar ao Presidente da República como alternativa estável”, atirou, rematando com a garantia de que o PS “assumirá as suas responsabilidades perante os portugueses que são as de continuar as suas diligências que tem desenvolvido com boa-fé para que haja alternativa de Governo que mude o rumo do país”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório