Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Campanha contra abstenção vai custar 167 mil euros

Esta campanha pretende convencer os portugueses a votarem no dia 4 de outubro, mas não só aqueles que estão em território nacional.

Campanha contra abstenção vai custar 167 mil euros

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) vai lançar a 20 de agosto a campanha "Votar é mais do que um direito", com o objetivo de convencer os portugueses a votarem nas eleições legislativas que acontecem a 4 de outubro.

Feitas as contas vão ser gastos 167 mil euros para combater a abstenção dentro e fora do país, avança o Diário Económico.

Parte dos 167 mil euros – 126,7 mil euros – vão servir para a compra de um espaço publicitário e do qual fazem parte canais de televisão nacionais e estrangeiros, estações de rádio nacionais e locais, imprensa nacional e regional em Portugal e no estrangeiro.

O restante – 40,8 mil euros – vai ser entregue à agência Ideias & Sinais que está responsável pela conceção criativa.

A CNE já tinha investido 58,7 mil euros numa ação de apelo à inscrição e atualização do recenseamento eleitoral dos portugueses no estrangeiro, entre maio e junho.

Relembre-se que nas últimas eleições legislativas, em 2011, a abstenção ultrapassou os 41% e no estrangeiro chegou mesmo aos 75% (Europa) e 87% (fora da Europa).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório