Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2021
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 28º

Edição

Costa demarca-se de posições de Sigmar Gabriel e Martin Schulz

O secretário-geral do PS criticou hoje as posições sobre a crise grega assumidas pelos principais responsáveis sociais-democratas alemães, dizendo mesmo que Sigmar Gabriel, líder do SPD, falou como "vice-chanceler" alemão e não como socialista.

Costa demarca-se de posições de Sigmar Gabriel e Martin Schulz
Notícias ao Minuto

13:08 - 06/07/15 por Lusa

Política Grécia

António Costa falava em conferência de imprensa, depois de confrontado com declarações duras contra o Governo de Atenas proferidas por membros da sua família política socialista europeia, casos de Sigmar Gabriel e do presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz.

"Não me revejo nessas declarações, nem elas expressam a posição dos socialistas europeus. O comunicado do Partido Socialista Europeu (PSE) é inequívoco no apelo à reabertura das negociações, à manutenção da Grécia no euro e à superação desta crise", contrapôs o líder socialista.

O secretário-geral do PS considerou mesmo que Sigmar Gabriel "falou mais como vice-chanceler da Alemanha do que como socialista europeu" e deixou a entender que o presidente do Parlamento Europeu vai rever a sua posição.

"Creio que o próprio Martin Schulz, ao longo deste dia, vai dar uma indicação muito clara de que compreendeu os resultados do referendo na Grécia e de qual a posição que as instituições europeias devem ter para superar esta crise", sustentou António Costa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório