Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 26º

"Passos veio à Madeira em campanha e só trouxe promessas"

O Juntos Pelo Povo (JPP) considerou que o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, veio hoje e terça-feira em visita oficial à Madeira em campanha eleitoral e, por enquanto, só trouxe promessas.

"Passos veio à Madeira em campanha e só trouxe promessas"
Notícias ao Minuto

18:20 - 01/06/15 por Lusa

Política JPP

"O primeiro-ministro encontra-se em campanha eleitoral, com gravata governamental, e infelizmente parece que só descobriu que existe a Região Autónoma da Madeira a 4 meses das eleições. Medidas concretas e compromissos, nada. Só promessas, por enquanto", disse o JPP em comunicado enviado hoje às redações, pronunciando-se sobre a primeira visita oficial que Pedro Passos Coelho realiza a este arquipélago.

Sobre as medidas anunciadas, o JPP enuncia que, em matéria de impostos, fica "tudo na mesma", realçando que "o programa de ajustamento económico e financeiro [da Madeira] foi prorrogado, nas costas dos cidadãos da Madeira e do Porto Santo, pelo PSD de Passos Coelho e de Miguel Albuquerque".

No que diz respeito ao problema dos transportes aéreos, o JPP sustenta que o anúncio de um regime semelhante ao praticado nos Açores, tendo por base a proporcionalidade em termos de distância entre a região e o continente, é uma "medida boa, mas não situa a cronologia de execução", pois nesta matéria "há um adiamento da decisão a pensar nas eleições legislativas, e não esclarece se os valores anunciados (teto máximo 86 euros para residentes e doentes e 65 euros para estudantes) correspondem a ida e volta".

Já no que concerne ao dossiê do novo hospital, este partido refere que se "adia a solução deste equipamento para o novo governo, numa espécie de "chutar o penalti para a bancada", evitando o primeiro-ministro comprometer-se com uma das prioridades reais dos cidadãos da Madeira".

Também no que toca à situação dos fundos, o JPP aponta que Pedro Passos Coelho "anuncia uma transferência de 40 milhões no que toca ao Fundo de Coesão", mas na questão do programa de ajustamento "é claro que o Governo da República dá com uma mão e tira com a outra, perante a apatia do PSD regional".

Sobre a linha marítima entre o continente e a Madeira, o Juntos Pelo Povo admite que "o anúncio de um concurso internacional é positivo, pese embora se saliente a transparência e idoneidade técnicas".

Por seu turno, o líder do CDS-PP-Madeira, José Manuel Rodrigues, em declarações aos jornalistas sobre a visita do primeiro-ministro, afirmou que este trouxe "boas notícias para os madeirenses", algumas das quais têm sido defendidas há anos por esta força política regional.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório