Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2020
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Barroso? "Ah, esse! Foi o chefe da prisão em que se tornou a Europa"

Marine Le Pen tece duras críticas a Durão Barroso, em entrevista ao Expresso.A líder da Frente Nacional não poupa nem Jean-Claude Juncker, o sucessor do português na Comissão Europeia.

Barroso? "Ah, esse! Foi o chefe da prisão em que se tornou a Europa"

Quando instada, pelo jornalista do Expresso, a dar a sua opinião sobre Durão Barroso, antigo presidente da Comissão Europeia, Marine Le Pen não se revelou dócil.

“Ah esse! Foi o chefe dos guardas prisionais. Foi o chefe da prisão, foi o grande general da prisão dos povos, que é o que na realidade é a União Europeia. E alguém que considera que o simples facto de querer proteger os povos é uma blasfémia”, sustentou Le Pen.

A líder da Frente Nacional demonstrou ainda não ter esperança nenhuma nos anos que se avizinham na Comissão Europeia, sob a alçada de Jean-Claude Juncker.

“É o chefe dos guardas prisionais que sucedeu ao antigo chefe da guarda prisional, que era Barroso. Faz exatamente a mesma coisa”, rematou.

A líder do partido francês de extrema-direita esclareceu que Barroso e Juncker são “dois exemplos de pessoas que vão para Bruxelas precisamente com uma ideologia do mundialismo porque eles nem sequer defendem os interesses da Europa”.

“Passam a vida a assinar acordos de trocas livres com o mundo inteiro. O objetivo deles não é defender os interesses dos europeus, é o de criar um mercado único mundial”, acrescentou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório