Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Cavaco 'deu tiro no pé'?

O Presidente da República, Cavaco Silva, optou por receber as reformas a que tem direito em detrimento do salário, escolha esta que, de acordo com o Orçamento do Estado para 2013, será mais penalizadora para o Chefe de Estado.

Cavaco 'deu tiro no pé'?

O Orçamento do Estado para 2013 prevê sanções significativas para os pensionistas. Aliás esta é mesmo uma das medidas do diploma que mais celeuma tem gerado e que, inclusive, estará entre a lista de pontos a remeter para o Tribunal Constitucional no âmbito de um eventual pedido de fiscalização sucessiva por parte do Presidente da República.

Ora, Cavaco Silva, aufere cerca de 10.100 euros brutos em pensões, detalha a edição de domingo do Diário de Notícias, pelo que ficará bastante lesado em face dos cortes previstos pelo Orçamento para os reformados.

Tendo sido o próprio Chefe de Estado quem abdicou do ordenado que lhe assiste pelas funções que desempenha para poder receber as reformas, a sua escolha afigura-se agora menos benéfica do que pareceria à partida.

Sublinhe-se, porém, que são várias as vozes que têm vindo a público dar conta da inconstitucionalidade das penalizações que o Orçamento pressupõe para os pensionistas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório