Até os mortos têm quotas socialistas em dia

Foram 2.294 os militantes que, de súbito, ficaram com as quotas atualizadas na distrital de Braga do Partido Socialista, quando há sensivelmente cinco anos não procediam ao seu pagamento. E de entre este leque contabilizam-se pessoas que, entretanto, faleceram, emigraram ou estão acamadas. O insólito está a agitar as eleições para aquela distrital ?rosa?, conta a edição desta terça-feira do Diário de Notícias.

© DR
Política Distrital de Braga

De um lado está um candidato ‘segurista’. Do outro, um candidato ‘costista’. No meio, o alegado pagamento maciço de quotas em atraso, contemplando pessoas mortas, doentes acamados ou emigrantes. 

PUB

O caso reporta ao PS de Braga, que conta com dois candidatos de polos opostos no âmbito das eleições distritais. De acordo com o Diário de Notícias, 2.294 militantes há mais de cinco anos inativos ficaram, repentinamente, com as quotas pagas, tendo sido despendidos para esse efeito 123.876 euros. E quem pagou este montante?

Ora, a direção nacional do PS, a quem a Comissão Organizadora do Congresso (COC) de Braga para o Secretariado Nacional do partido solicitou “o completo e integral esclarecimento do processo de regularização do pagamento das quotas”, escusou-se a fazer prova documental desse mesmo pagamento, indica o Diário de Notícias, que cita a exposição daquele órgão, em que estão representadas as duas fações no seio do partido.

Os argumentos apresentados pela direção nacional ‘rosa’ para justificar a recusa prendem-se com a não autorização para o tratamento de dados pessoais por parte de visados, bem como com a quebra do sigilo bancário que tal divulgação acarretaria.

Ainda a propósito deste insólito, o presidente da COC de Braga, António Ramalho, observa, no entanto, que tem dúvidas face ao efetivo pagamento das quotas, uma vez que “nos ‘mentideros’ ouvem-se muitas histórias”.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser