Meteorologia

  • 16 JULHO 2024
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 26º

Ventura acha que Montenegro "dá a ideia de que é o PSD que quer eleições"

O líder do Chega, André Ventura, considerou hoje que o primeiro-ministro deve governar e evitar "criar cenários de eleições antecipadas", porque senão "dá a ideia de que é o PSD que quer" novas legislativas.

Ventura acha que Montenegro "dá a ideia de que é o PSD que quer eleições"
Notícias ao Minuto

13:56 - 09/07/24 por Lusa

Política Chega!

"O doutor Luís Montenegro deve-se preocupar-se com uma coisa, governar, e não estar a criar todos os dias cenários de eleições antecipadas. [...] O dia do orçamento há de chegar e nós cá estaremos todos para avaliar esse dia e para o acompanhar", afirmou.

Em declarações aos jornalistas na Assembleia da República, André Ventura considerou que "não vale a pena estar todos os dias a ameaçar com eleições, porque dá a ideia de que é o PSD que quer eleições".

O líder do Chega afirmou que o primeiro-ministro "sai do cargo quando for demitido pelo Presidente da República, se uma moção de confiança não for aprovada, se houver uma moção de censura".

Ventura assinalou que "se o orçamento não for aprovado dificilmente [Montenegro] se manterá no cargo, a não ser que queira um estatuto diferente de todos os primeiros-ministros nos últimos anos" ou se achar "que é um super-homem e conseguirá governar sem orçamento".

"São os portugueses que o tirarão do cargo quando quiserem, o Presidente da República existe mas este parlamento terá uma palavra importante na governação nos próximos meses", defendeu.

Ventura referiu também que "quem fugiu a qualquer entendimento e a qualquer maioria não foi o Chega, foi o senhor primeiro-ministro, Luís Montenegro".

O presidente do PSD e primeiro-ministro, Luís Montenegro, afirmou na segunda-feira à noite que, se o PS estiver a fazer jogo sobre a negociação do Orçamento, então tenha a coragem de deitar abaixo o Governo.

Numa intervenção perante o Conselho Nacional do PSD, aberta à comunicação social, Luís Montenegro reiterou que o executivo minoritário que lidera só deverá cessar funções derrubado por uma moção de censura.

Leia Também: Ventura diz que se quer passar ideia de que há "uma nova PIDE"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório