Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 26º

"Finalmente, Assange está livre. Quem denuncia crimes deve ser protegido"

A bloquista Catarina Martins já reagiu à libertação do fundador do Wikileaks.

"Finalmente, Assange está livre. Quem denuncia crimes deve ser protegido"
Notícias ao Minuto

09:45 - 25/06/24 por Notícias ao Minuto

Política Julian Assange

A eurodeputada do Bloco de Esquerda Catarina Martins reagiu, esta terça-feira, na rede social X, à libertação de Julian Assange, que esteve preso durante cinco anos num estabelecimento de alta segurança, no Reino Unido, acusado de espionagem pelos EUA.

"Finalmente, Julian Assange volta a ser um homem livre. Há 14 anos divulgou crimes de guerra dos EUA. Os crimes ficaram impunes, mas quem os denunciou (Assange e Manning) foi perseguido. Quem denuncia crimes deve ser protegido. Esta é uma boa notícia", escreveu a bloquista.

Recorde-se que o fundador do Wikileaks deixou o Reino Unido, esta terça-feira, depois de um acordo com a Justiça norte-americana.

Assange aceitou declarar-se culpado da acusação de divulgar segredos de defesa dos EUA e em troca recebe uma pena de prisão de cinco anos, já cumpridos no Reino Unido, pelo que não deve voltar para trás das grades.

Depois da audiência nas ilhas Marianas, onde vai assinar o acordo, o fundador do Wikileaks deverá ir para a Austrália, país de onde é natural, e onde vive a mulher, com quem se casou já na prisão e os dois filhos que apenas conheceram o pai preso.

Leia Também: Julian Assange libertado. Chegou a acordo com EUA e "deixou a prisão"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório