Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
28º
MIN 20º MÁX 28º

PSD/Madeira destaca "responsabilidade" de Albuquerque

O Conselho Regional do PSD/Madeira enalteceu hoje a responsabilidade política do presidente do executivo madeirense, Miguel Albuquerque, ao ter retirado a proposta de Programa do Governo da discussão na Assembleia Legislativa e espera negociação profícua "a bem da estabilidade".

PSD/Madeira destaca "responsabilidade" de Albuquerque
Notícias ao Minuto

13:51 - 22/06/24 por Lusa

Política Madeira

O Conselho Regional "sublinha e enaltece o sentido de missão e de responsabilidade política demonstrado, na passada quarta-feira, pelo PSD/Madeira e pelo líder do partido e do governo, Miguel Albuquerque, ao retirar o Programa do Governo da sua discussão na Assembleia Legislativa Regional, uma vez que não estava garantida a sua aprovação", lê-se numa nota enviada às redações com as conclusões do encontro, que decorreu no concelho de Santa Cruz.

A decisão foi tomada "à luz do interesse público, abrindo-se, a partir de agora, mais um período de diálogo e de negociação com os partidos que se espera profícuo e partilhado, entre as partes, a bem da estabilidade política e social, da governabilidade, do progresso e do desenvolvimento integral da região que foram e são, desde a primeira hora e para o PSD/Madeira, prioridades", considera aquele órgão.

Os sociais-democratas reiteram a importância de a Madeira "vir a ter, na maior brevidade possível, o seu Programa de Governo e orçamento aprovados", de forma a garantir que o executivo governe e que os madeirenses "vejam assegurado o investimento público e as obras previstas para os próximos quatro anos, assim como implementadas todas as medidas fiscais e sociais programadas para benefício direto da população".

O PSD/Madeira refere, igualmente, que está disponível para acolher "outras propostas da oposição que se revelem positivas para a região".

O Conselho Regional sublinha ainda que o PSD/Madeira "soma, desde 2019, nove vitória consecutivas, em todas as eleições disputadas, sejam regionais, nacionais, autárquicas, ou europeias", defendendo que é, por isso, quem deve "continuar a liderar os destinos da região".

"Aliás, será importante relembrar que nas eleições regionais antecipadas do passado dia 26 de maio, o PSD/Madeira venceu, de forma clara e inequívoca, em 45 das 54 freguesias e em 9 dos 11 concelhos da Região, numa eleição que representou uma exponencial derrota para o PS/Madeira, que ficou a uma distância superior a 20 mil votos e com uma diferença de 8 mandatos", salienta.

Na quarta-feira, o presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, anunciou a retirada do Programa do Governo da discussão que decorria no parlamento madeirense, com votação prevista para o dia seguinte, quinta-feira.

O documento seria chumbado, uma vez que PS, JPP e Chega, que somam um total de 24 deputados dos 47 que compõe o hemiciclo, anunciaram o voto contra.

Na quinta-feira, o executivo madeirense indicou, em comunicado, que convidou todos os partidos com assento parlamentar para uma reunião, na segunda-feira, para consensualizar propostas para o Programa do executivo.

Na reunião de hoje, os sociais-democratas apelaram também ao empenho de todos os militantes para a realização da festa anual do partido na Herdade do Chão da Lagoa, em 21 de julho.

O Conselho Regional acrescenta que, "depois da Festa do Chão da Lagoa, é também com todos que conta na rentrée política que terá lugar a 10 de agosto, no Porto Santo".

Leia Também: Albuquerque rejeita ter dado ao representante garantias de estabilidade

Recomendados para si

;
Campo obrigatório