Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
20º
MIN 20º MÁX 28º

Conselho Nacional da IL analisa hoje resultados da Madeira e Europeias

O Conselho Nacional da IL reúne-se hoje em Coimbra e tem na ordem de trabalhos a análise dos resultados das eleições regionais e das europeias, debatendo ainda o programa político que será apresentado na convenção estatutária de julho.

Conselho Nacional da IL analisa hoje resultados da Madeira e Europeias
Notícias ao Minuto

06:27 - 16/06/24 por Lusa

Política Rui Rocha

A reunião do órgão máximo entre convenções liberais acontece, como é habitual, em Coimbra e terá início pelas 11h00 com uma intervenção do presidente da IL, Rui Rocha, que será aberta à comunicação social.

Segundo a nota disponibilizada pelo partido, em debate pelos conselheiros estará, entre outros aspetos, os resultados eleitorais das regionais da Madeira, que decorreram em 26 de maio, e das europeias, que tiveram lugar no último fim de semana.

Em consequência das eleições europeias -- segundo os resultados provisórios os liberais tiveram 9,07%, com 358.323 votos - a IL vai estrear-se no Parlamento Europeu com dois eurodeputados, tendo sido a quarta força política mais votada, pouco atrás do Chega.

O antigo líder da IL e cabeça de lista nestas europeias, João Cotrim de Figueiredo, foi o primeiro deputado do partido na Assembleia da República, em 2019, e repetiu agora o feito para o Parlamento Europeu.

Já em relação às eleições antecipadas da Madeira, a IL perdeu menos de 100 votos quando comparado com o ato eleitoral de 2023 e manteve a representação com um lugar no parlamento regional.

Outro dos temas em discussão no Conselho Nacional da IL é o Programa Político, que será apresentado na Convenção Estatutária marcada para julho.

Cerca de um mês depois das legislativas antecipadas de março - quando a IL manteve os mesmos oito deputados e teve mais cerca de 46 mil votos, mas falhou o objetivo eleitoral que tinha sido fixado por Rui Rocha - Tiago Mayan Gonçalves apresentou, sob o lema "Unidos pelo liberalismo", um manifesto "de coragem, inovação e liberdade", cuja primeira promessa é "refundar o partido em valores e princípios liberais".

Nessa altura, o antigo candidato às eleições presidenciais Tiago Mayan Gonçalves disse que, quando houver eleições na IL, estaria pronto para encabeçar uma candidatura à liderança, apresentando juntamente com duas centenas de liberais este manifesto para refundar o partido.

Leia Também: Governo? "Para mudar estruturalmente o país é preciso coragem, ambição"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório