Meteorologia

  • 22 JUNHO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 27º

Nuno Melo considera histórica deliberação para comemorar o 25 de Novembro

O presidente do CDS-PP, Nuno Melo, considerou hoje histórica a deliberação do parlamento para que a operação militar de 25 de novembro de 1975 seja celebrada anualmente na Assembleia da República, destacando que se trata de "um exercício de justiça".

Nuno Melo considera histórica deliberação para comemorar o 25 de Novembro
Notícias ao Minuto

20:57 - 11/06/24 por Lusa

Política Nuno Melo

uma deliberação histórica. 49 anos depois, através de uma proposta do CDS, foi hoje aprovado, na Assembleia da República, aquilo que é um exercício de justiça: Portugal vai passar a ter todos os anos a comemoração do 25 de novembro", disse o atual ministro da Defesa à Lusa, numa visita à Feira Nacional da Agricultura (FNA), em Santarém.

Nuno Melo argumentou que esta deliberação permite fazer justiça aos heróis "que consagraram a democracia em Portugal, enaltecendo também o papel do CDS enquanto "partido fundador da democracia".

"O CDS permite, através desta deliberação, que seja feita justiça aos nossos heróis, aqueles que permitiram a consagração da democracia", destacou.

Nuno Melo destacou ainda a importância dos agricultores na concretização do 25 de novembro, referindo que a CAP (Confederação dos Agricultores de Portugal) é uma consequência direta dessa data.

"O 25 de novembro concretiza-se no plano político, militar, e também através de movimentos de cidadãos, muito deles agricultores (...) a CAP é uma decorrência do 25 de novembro", disse.

PSD, IL e Chega aprovaram hoje uma deliberação do CDS-PP para que a operação militar de 25 de novembro de 1975 seja assinalada anualmente na Assembleia da República, iniciativa que mereceu a oposição das bancadas de esquerda.

Ainda no âmbito da visita à Feira Nacional da Agricultura, Nuno Melo justificou a sua presença com o facto de a agricultura ser "um setor estratégico para o partido", desde a sua criação.

Nuno Melo disse ainda que a AD (Aliança Democrática), na pasta da agricultura, tem feito "um aproveitamento exemplar de fundos comunitários para a realização antecipada de obras e infraestruturas relevantes" como "o perímetro do Alqueva". 

A Feira Nacional da Agricultura realiza-se de 08 a 16 de junho. 

Leia Também: Parlamento aprova proposta para sessão solene evocativa do 25 de Novembro

Recomendados para si

;
Campo obrigatório