Meteorologia

  • 23 JUNHO 2024
Tempo
30º
MIN 17º MÁX 30º

Tânger Corrêa acusa adversários às Europeias de "total impreparação"

O cabeça de lista do Chega às eleições para o Parlamento Europeu acusou hoje os adversários de "total impreparação" para representar Portugal e justificou a sua ausência na campanha com uma emergência dentária.

Tânger Corrêa acusa adversários às Europeias de "total impreparação"
Notícias ao Minuto

20:42 - 29/05/24 por Lusa

Política Europeias

"Eu notei uma total impreparação dos cabeças de lista dos partidos com representação parlamentar para irem representar Portugal no âmbito internacional", afirmou, considerando que "eles não sabem o mínimo dos mínimos daquilo que é fundamental para proteger Portugal e os portugueses". 

Questionado se não reconhece capacidade a nenhum dos adversários, o primeiro candidato do Chega respondeu que "basicamente, não". 

"A senhora do PS foi ministra da Saúde e foi o que foi, o Sebastião Bugalho é bom rapaz, não tenho nada contra ele, mas foi comentador político durante cinco anos, nunca exerceu nenhuma função. Nunca vi ninguém negociar um acordo internacional, ter conversações a nível internacional, nunca vi ninguém representar Portugal internacionalmente", alegou.

António Tânger Corrêa falava aos jornalistas durante uma visita aos bombeiros de Mourão, distrito de Évora.

"Por muito burro que eu seja, eu tenho 40 anos de experiência internacional, portanto, eu sei o que ando a fazer", salientou, acusando os outros candidatos de "não saberem nada" de assuntos internacionais, "pelo teor das conversas e pela deriva não internacional que todos têm".

O cabeça de lista do Chega afirmou também que os outros "têm medo" de abordar estes temas: "Quando se fala de assuntos internacionais eles calam a boca e ficam de olhos arregalados. Eles tentam evitar o mais possível que eu fale de assuntos internacionais".

Tânger Corrêa não marcou presença num jantar/comício no Algarve, na terça-feira à noite, por estar em Lisboa a participar no debate da RTP entre os cabeças de lista dos partidos com representação parlamentar e hoje ao final da manhã também não esteve numa arruada em Beja. 

No entanto, a campanha do Chega continuou, com o líder do partido como figura central.

O antigo embaixador justificou a sua ausência de hoje com um problema dentário.

Quanto à campanha, o primeiro candidato do Chega disse que não está "na lista de fazer campanha, mas na lista para representar Portugal em Bruxelas depois de 09 de junho".

"É evidente que para os portugueses é preciso fazer uma campanha. Quem é a melhor pessoa para fazer uma campanha? É o doutor André Ventura", assinalou.

Tânger afirmou que "em termos mediáticos" está "a combater com ex-ministros, ex-presidentes de partidos, comentadores políticos, ect.. que têm um perfil mediático alto".

"O meu perfil mediático, e bem, é baixo. Qual é o problema de eu fazer campanha com o presidente do partido?", questionou.

O candidato disse que se sente à vontade para fazer campanha sozinho mas que pode "não alcançar os objetivos previstos sozinho".

O candidato disse também que vai participar no debate das rádios, agendado para segunda-feira, ao contrário da indicação transmitida pelo partido a alguns órgãos de comunicação social.

Sobre o grupo político europeu que o Chega vai integrar, o cabeça de lista afirmou que "em política internacional, o preto e branco não existe, existe o cinzento".

Questionado sobre a indefinição e porque não concretiza mais este assunto, pediu aos portugueses que confiem na decisão do partido, recusando que este tema seja importante para os eleitores.

"Os portugueses que votarem no Chega têm que ter confiança no Chega a todos os níveis", defendeu.

Tânger Corrêa recusou estar a pedir um cheque em branco, defendo que se trata de "uma technicality", e disse que "pode ser" um "cheque em cinzento".

Sobre a possibilidade da formação de uma nova família política, respondeu que "é uma questão de bom senso".

[Notícia atualizada às 21h49]

Leia Também: AO MINUTO: Bugalho recusa ser defendido pela AD; "Está a vitimizar-se"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório