Meteorologia

  • 23 JUNHO 2024
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 29º

"Flagelo". RIR alerta para aumento do consumo de fentanil na UE

 A cabeça de lista do partido Reagir Inclir Reciclar (RIR) às europeias alertou hoje para o aumento do consumo do opiáceo sintético fentanil, salientando que a União Europeia (UE) não está preparada "para enfrentar esse flagelo".

"Flagelo". RIR alerta para aumento do consumo de fentanil na UE
Notícias ao Minuto

17:18 - 28/05/24 por Lusa

Política Europeias

"Tem aumentado o consumo de substâncias sintéticas. Isso vai-nos levar ao fentanil, que é uma droga muito mais barata e que nós não estamos efetivamente preparados. E quando digo nós, não é só Portugal, mas toda a Europa", disse à agência Lusa Márcia Henriques.

Falando após uma reunião no Observatório Europeu das Drogas e da Toxicodependência, em Lisboa, a presidente do partido considerou que os europeus não estão "preparados para lidar" com o fentanil, que provocou 107 mil mortes por 'overdose' no ano passado nos Estados Unidos.

"Este é um assunto que não é abordado no Parlamento [Europeu] já há mais de 20 anos (...) e nós estamos aqui com um perigo iminente que chega a Portugal. É uma realidade com a qual nós não estamos preparados para lidar nem temos formas de combater quando isso cá chegar. Temos o exemplo dos Estados Unidos. Faz todo o sentido estar em alerta e sensibilizar o Parlamento Europeu para debater este tema", salientou a líder do RIR.

Márcia Henriques realçou "o nível de corrupção que existe à volta do negócio da droga", sublinhado que tem de haver mais fiscalização dos portos de todo o espaço europeu.

"A Europol tem uma sinalização muito ativa de todas essas situações, mas, lá está, o negócio da droga envolve muitos milhões [de euros]. Isto é um bocadinho jogo do gato e do rato. Estamos preparados para agir de determinada maneira, mas, do outro lado, já estão a tentar inverter as regras. Portanto, a monitorização e o policiamento têm que ser constantes", afirmou.

Cerca de 373 milhões de eleitores europeus são chamados a votar para o Parlamento Europeu entre 06 e 09 de junho. Em Portugal, a votação é no dia 09.

Serão escolhidos 720 eurodeputados, 21 dos quais portugueses.

Concorrem às eleições um total de 17 partidos e coligações: AD, PS, Chega, IL, BE, CDU, Livre, PAN, ADN, MAS, Ergue-te, Nova Direita, Volt Portugal, RIR, Nós Cidadãos, MPT e PTP.

Leia Também: IL insiste que Europa precisa de crescer para responder a desafios atuais

Recomendados para si

;
Campo obrigatório