Meteorologia

  • 19 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 21º

Europeias? Esquerda quer "nacionalizar campanha" por falta de programa

O vice-presidente do PSD Miguel Pinto Luz e o cabeça-de-lista da Aliança Democrática às eleições europeias de 09 de junho, Sebastião Bugalho, acusaram esta noite a esquerda de querer nacionalizar a campanha e não ter ideias para a Europa.

Europeias? Esquerda quer "nacionalizar campanha" por falta de programa
Notícias ao Minuto

06:48 - 25/05/24 por Lusa

Política Europeias

"A esquerda não quer debater a Europa e quer nacionalizar esta campanha, mas nós não o podemos permitir. O papel que se pede a todos os candidatos nesta lista [às europeias] é que não deixem nacionalizar esta campanha e vamos debater os temas quentes que a Europa precisa", afirmou Miguel Pinto Luz num jantar com 1200 militantes e simpatizantes do PSD e do CDS-PP na Malveira, no concelho de Mafra e distrito de Lisboa.

"Somos europeístas e acreditamos no modelo europeu", acrescentou.

Vindo de um debate televisivo, o cabeça-de-lista da AD, Sebastião Bugalho, criticou os debates por "se falar de tudo, menos do que deviam ter falado", querendo referir-se aos assuntos europeus, como a habitação que quer discutir no Parlamento Europeu.

"Os nossos adversários como não têm respostas para as nossas propostas vêm com o argumento de que somos de extrema direita", criticou, quando, "nas últimas semanas, o que vemos é que o PS quer é governar com o Chega sem ir para o Governo".

Bugalho foi mais longe, afirmando que "o PS como não tem programa, não não tem nada para dizer, não tem visão da Europa e do país, nem visão de futuro, nem sequer de oposição limita-se a falar da extrema direita".

Leia Também: Tom altivo? "Se houve alguma polémica em algum debate, não dei por ela"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório